DestaqueRio Grande do SulSanta Catarina

Sul do Brasil: rodovias federais recuperadas e investimentos em aeroportos em 2021

Obras nos três estados da região envolveram todos os modos de transporte. Nove terminais aéreos foram concedidos à iniciativa privada

Rodovias recuperadas e investimento público e privado em aeroportos marcaram a infraestrutura de transportes na região Sul do país em 2021. Por meio do Ministério da Infraestrutura, o Governo Federal entregou à população 19 empreendimentos, além de conceder nove terminais aéreos à iniciativa privada. Isso significa mais segurança, conforto e comodidade aos usuários, e melhores rotas para o transporte de cargas e o acesso a cidades turísticas.

Publicidade

Levantamento do MInfra mostra que, durante todo o ano de 2021, os três estados da região Sul receberam R$ 636 milhões em investimentos, somando recursos públicos e privados. Esse valor foi usado para obras em 13 rodovias federais, quatro aeroportos, uma ferrovia e uma hidrovia.

Um dos destaques foi a duplicação da BR-116/RS, que neste ano teve 11,4 quilômetros entregues. Desde 2019, quando assumiu as obras, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) entregou à população 130 quilômetros da rodovia. Principal via de acesso ao Sul do estado e ao Porto de Rio Grande, a rodovia tem nove de seus 10 lotes com mais de 70% dos serviços concluídos.

Publicidade

A restauração da BR-101/SC, entre Palhoça (SC) e a divisa entre Rio Grande do Sul e Santa Catarina, garantiu pista duplicada e marginais, 203 obras de artes especiais recuperadas, entre pontes, viadutos e passagens inferiores; 20 passarelas revitalizadas; 3 mil novas placas de sinalização implantadas; novas cercas construídas e recuperação da iluminação da Ponte Anita Garibaldi, em Laguna (SC).

Aviação regional

No setor aeroportuário, ocorreu a entrega da maior obra de aviação regional do país no Aeroporto de Maringá, no Paraná. A reforma e ampliação de toda a área operacional ampliou a capacidade do aeroporto para se adequar aos mais de 750 mil passageiros que passam pelo local anualmente, tornando-se a primeira obra pública de infraestrutura aeroportuária com base em projetos desenvolvidos na metodologia de Modelagem de Informação da Construção (BIM, na sigla em inglês).

O novo terminal de passageiros e a nova torre de controle do Aeroporto Internacional de Navegantes, entregues também em 2021, garantiu mais conforto e segurança para todos os usuários do terminal do litoral catarinense, que triplicou de tamanho, e contribuiu ainda para o desenvolvimento econômico da região, bem como para a segurança operacional, com a nova torre de controle.

Investimento privado

Além das obras entregues, a região foi beneficiada com a 6ª rodada de concessões de aeroportos, cujos leilões foram realizados em abril, durante a InfraWeek. O grupo CCR, vencedor do certame, firmou o compromisso de investir R$ 1,8 bilhão na modernização dos aeroportos de São José dos Pinhais-Curitiba (PR), Bacacheri-Curitiba (PR), Foz do Iguaçu (PR), Navegantes (SC), Londrina (PR), Joinville (SC), Pelotas (RS), Uruguaiana (RS) e Bagé (RS). O contrato entre União e a nova concessionária foi assinado em novembro.

Confira a lista das entregas realizadas na região durante o ano de 2021:

Posts relacionados

Botão Voltar ao topo