Norte RSSaúde

Passo Fundo registra caso de Influenza A H3N2

O município do norte gaúcho confirmou seu primeiro caso do H3N2, que é uma variante do vírus Influenza A

Passo Fundo recebeu, na noite dessa segunda-feira (27), a confirmação do primeiro caso de Influenza A H3N2. Trata-se de uma mulher de 78 anos, que já está sendo acompanhada pela Secretaria de Saúde em domicílio.

Publicidade

De acordo com a secretária municipal da Saúde, Cristine Pilati, a paciente consultou em um dos hospitais no dia 18 de dezembro com suspeita de Síndrome Respiratória Aguda Grave. “Foi realizado o teste para Covid-19, cujo resultado deu negativo. O Lacen, laboratório do Estado, então, rodou o teste para H3N2 e tivemos o primeiro caso confirmado”, relata.

Conforme a secretária, a notificação alerta para a preservação dos cuidados como o uso de máscara e higienização das mãos e para a vacinação. “Era uma questão de tempo para termos casos. Já são 125 no estado. Por isso, reforçamos o apelo para que a população faça o reforço anual. Mesmo tendo uma reação protetiva cruzada, é fundamental”, destaca.

Publicidade

Variante do vírus Influenza

O vírus H3N2 é uma variante do vírus Influenza A, que é um dos principais responsáveis pela gripe comum e pelos resfriados, sendo facilmente transmitido entre pessoas por meio de gotículas liberadas no ar quando a pessoa gripada tosse ou espirra.

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza iniciou no mês de abril. Neste ano, a cobertura apresenta uma taxa abaixo da meta, que é de 70%: somente 66% da população atualizou o esquema. O chamamento é, principalmente, para os grupos de risco, como pessoas com asma, doenças crônicas ou que realizam tratamento oncológico, crianças, gestantes e idosos. “Quem não fez a vacina neste ano pode se dirigir a uma das unidades de saúde”, enfatiza Cristine.

Posts relacionados

Botão Voltar ao topo