AgronegócioRio Grande do Sul

RS: subsídio de 100% no Programa Troca-Troca vale em municípios com decreto de emergência

Os produtores rurais do Rio Grande do Sul aptos a receberem o subsídio de 100% dos valores do Programa Troca-Troca de Sementes de Milho e Sorgo para a safra 2021/2022 precisam residir em município com o decreto de emergência por causa da estiagem homologado pelo governo do Estado.

Publicidade

Até esta terça-feira (11), o Rio Grande do Sul contabiliza 53 municípios nesta situação.

O subsídio foi autorizado pelo governador Eduardo Leite em reunião com a secretária da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Silvana Covatti, na semana passada.

Publicidade

O Troca-Troca subsidia 28% do valor da semente oferecida, e os produtores rurais têm até o final de abril para pagar os 72% restantes. “Até abril, o governo do Estado terá um panorama mais claro sobre quais municípios decretaram situação de emergência e quais tiveram seus decretos homologados para poder orçar o valor total que será destinado para o subsídio”, explica o diretor de Agricultura Familiar e Agroindústria da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), Flavio Smaniotto.

Caso o agricultor beneficiado com a subvenção de 100% já tenha efetuado o pagamento que lhe cabia para a prefeitura, sindicato ou cooperativa, que operacionalizam o programa, estas entidades farão o ressarcimento.

A secretária Silvana diz que o governo está sensível aos pedidos dos agricultores e, desde os primeiros dias do ano, o governador Eduardo Leite já autorizou que a Seapdr providenciasse a ampliação do Troca-Troca, bem como do Programa de Sementes Forrageiras, que incentiva a implantação de pastagens principalmente para atender às necessidades do rebanho leiteiro.

Para a safra 2021/2022, o Programa Troca-Troca de Sementes recebeu pedidos de mais de 122 mil sacas de sementes, a maioria de milho, vinda de 43,6 mil agricultores. O programa foi acessado por 491 entidades, sendo 287 prefeituras, 200 sindicatos de trabalhadores rurais e de agricultores familiares/rurais e quatro associações/cooperativas, com abrangência em 391 municípios do Estado.

Posts relacionados

Botão Voltar ao topo