CASANEWSTecnologia & Inovação

FEICON 2022 contou com a apresentação de inovações sustentáveis

Do design ao tratamento de efluentes, maior evento de construção civil da América Latina mostra que os produtos ecológicos estão ganhando mais espaço no setor

Coletor solar para aquecimento de água, mantas feitas de borrachas para conforto acústico e pneus confeccionados em polímeros reciclados são alguns dos materiais que integram a Rota da Sustentabilidade da FEICON, maior feira da construção da América Latina, encerrada na sexta, 01 de abril. O projeto é fruto da parceria entre a organização do evento, a Inovatech Engenharia e a Fundação Vanzolini, responsável pela avaliação dos produtos, para verificar se eles reuniam diversos critérios técnicos com foco em preservação do meio ambiente.

Publicidade

“O projeto existe desde 2018 e temos percebido que o nível de conhecimento sobre sustentabilidade e ESG (Environmental, Social and Governance) como um todo vêm aumentando. Nesta edição, houve um investimento da organização do evento na divulgação com banners e selos sinalizando as marcas, produtos sustentáveis e o percurso”, conta Luiz Henrique Ferreira, CEO da Inovatech Engenharia.

Fotos: Divulgação /FEICON 2022

Participando pela primeira vez da Rota, a Taivi, empresa de Santa Catarina que desenvolve mangueiras, torneiras e sifões, disponibilizou o sifão sanfonado multiuso que permite o encaixe em qualquer modelo de válvula, graças às opções de roscas inclusas na peça. Outra vantagem é que o objeto elimina quatro componentes presentes nos equipamentos disponíveis no mercado, os três anéis de borracha e a bucha de redução que “em 50% dos casos são descartadas no lixo comum. É um produto que gera menos desperdício, é mais barato, fácil de instalar, possibilita menor custo e maior efetividade contra vazamentos”, conta o executivo de vendas da empresa, Fernando Lente de Andrade.

A Heliodin apresentou na FEICON coletores solares para o aquecimento de água para o banho. “O equipamento tem uma serpentina em cobre e um componente para absorver o calor. Ele esquenta a água que alimenta o boiler de aço inox e conta com uma camada de PU e uma capa de alumínio para manterem a temperatura por até oito horas, permitindo o aquecimento durante o dia e o armazenamento para utilização durante a noite, em alta ou baixa pressão”, explica o engenheiro civil Luiz Alberto Divitis, coordenado de vendas. Segundo o especialista, é possível ter uma economia de energia de até 50% no chuveiro elétrico.

Com 30 anos de mercado, a empresa também disponibiliza a tecnologia para piscinas, permitindo que a água atinja até 32ºC. O sistema pode ser instalado nos telhados das residências para melhor captação. Sobre o funcionamento, o pré-filtro da piscina empurra a água sob pressão, o líquido passa pelo equipamento e volta aquecido. O ar frio, gerado no processo devido à troca de calor, pode ser utilizado na refrigeração da casa. “É um equipamento que não gasta muita energia, tem uma eficiência muito grande e pode ser controlado por wi-fi”.

Em termos de design, a AtenuaSom disponibilizou modelos de janelas e portas antirruídos que possibilitam não apenas a vedação do som, como também conforto térmico, já que os produtos reduzem a troca de calor entre os ambientes e funcionam como barreira térmica, diminuindo a necessidade de equipamentos como ar-condicionado nos dias de calor e aquecedor nos períodos de frio.

Com foco em piso de absorção de impactos e ruídos, a Aubicon apresenta suas criações feitas de borrachas fabricadas com pneus reciclados. Os materiais têm sido utilizados em pisos em locais como escritórios, academias, possibilitando o isolamento acústico entre os andares e também em áreas de lazer como quadras e playgrounds, com a vantagem de evitar que crianças se machuquem, em caso de quedas. Além disso, a empresa desenvolve mantas maleáveis para uso em lajes e na parte externa das tubulações hidrossanitárias, conferindo proteção e resistência à umidade, além da diminuição de sons de descargas e de sistemas de tubos em geral.

A FB Pneu, que desenvolve rodas para carrinhos de mão, tem o portfólio 100% ecológico reciclado e reciclável, com opções feitas em termoplásticos flexíveis e resistentes, com tecnologia para absorção de impactos e opções para diferentes cargas, ideais para uso em obras e serviços de jardinagem sem o risco do pneu furar ou murchar.

Especialista em sistemas de bombeamento e tratamento de efluentes, a Aquastar integrou a rota de sustentabilidade com soluções voltadas para domicílios e bairros com até 20 mil pessoas. Sistemas como o Aquaseptic, uma mini estação de tratamento de esgoto, por exemplo, contam com tecnologia que realiza vários processos de limpeza e permite que o residual possa ser utilizado como água de reuso. “O esgoto residencial, por exemplo, passa por três processos de tratamento e o efluente, a partir da passagem pela caixa cloradora, deixa de ser contaminante, podendo ser liberado diretamente em águas fluviais”, explica o sócio-fundador, Ricardo Lopes.

Já a Vonder disponibilizou três produtos práticos para uso na limpeza do dia a dia – o limpador desincrustante, feito com ácido orgânico e nanotecnologias que facilitam a limpeza de calçadas e qualquer tipo de pedra. O produto é 99,9% biodegradável, desaparecendo da natureza em 28 dias. Também com nanomoléculas e decomposto por agentes biológicos, o impermeabilizante sustentável protege muros e paredes de umidades, formando uma barreira incolor que permite que a água não seja absorvida, dificultando, com isso, o surgimento de bolor. A garantia é de seis anos. Já o desengraxante, não conta com a nanotecnologia, mas pode ser usado em limpezas em geral, seja na mecânica, na indústria ou em casa, desde motor de carro aos fogões e panelas para remoção de gordura e óleos, substituindo, por exemplo, o uso de detergente e outros produtos que agridem o meio ambiente.

Engenheira Civil, Betina Alvarenga Nacif, veio de Minas Gerais para o evento e conferiu a atração assim que entrou no pavilhão. “Como é importante perceber universitários e profissionais animados com a rota de sustentabilidade, mais que isso, é fundamental que eles implementem as soluções no mercado. Dá uma esperança conhecer novos materiais e fornecedores, que nem sempre estão próximos de nós, e entender que existem novas soluções para serem utilizadas. Acho que a rota é uma porta de entrada para conhecer novas práticas”.

Para o universitário Justin Sena Lima, que cursa o terceiro ano de arquitetura e urbanismo e também conferiu as novidades do evento, a nova geração de profissionais tende a potencializar as soluções e uso de materiais que geram menor impacto ao meio ambiente. “O valor de sustentabilidade foi inserido para mim como uma regra. Então, eu não consigo pensar em um projeto que não seja sustentável. Isso tem sido construído no ambiente acadêmico”.

E o cenário é favorável para que esses produtos ganhem mais mercado. Além do perfil de consumo consciente, objetivos de desenvolvimento sustentável, a construção civil tem sido um pilar importante na retomada da economia, o que abre espaço para investimentos em novidades. “Sempre que um setor está em crescimento, as empresas buscam oportunidades de diferenciação. Quando encolhe, elas tendem a preservar o caixa. A construção está num momento favorável e, particularmente, acredito que quem não incorporar a sustentabilidade em seus produtos, em breve estará fora do mercado. Para mim, será uma questão de sobrevivência na área”, complementa Ferreira.

Além da Rota Sustentabilidade, a FEICON disponibilizou a Casa Cerâmica, uma residência de 45 m² construída no pavilhão, onde os visitantes puderam conferir outras soluções sustentáveis, mas já aplicadas. A obra, que atende requisitos dos programas habitacionais e é feita com “material que leva argila, água, fogo e ar”, conforme destaca Paulo Manzini, idealizador do projeto, em que o sistema construtivo não gera resíduos, a alvenaria possibilita o isolamento térmico e o imóvel possui painéis fotovoltaicos para geração de energia. No espaço, é possível conhecer os cômodos e também utilizar óculos de realidade aumentada para experiência completa dos visitantes.

Reforçando a atenção às necessidades e novas políticas, a FEICON ainda contou com uma grade de palestras em que assuntos relacionados à sustentabilidade foram destaque, conectando profissionais e empresas às questões sustentáveis. Entre os temas, “ESG como pilar de estratégia de negócio”, “ESG no canteiro de obras” e “Soluções para projetos modulares”.

Para acompanhar tudo o que aconteceu na FEICON 2022, basta acessar a plataforma de conteúdo digital Feiconnect. A página reúne podcasts, artigos e entrevistas em vídeo sobre os assuntos que pautam o mercado e o acesso é gratuito.

Mais informações em www.feicon.com.br.

Sobre a FEICON

Com 26 edições, a FEICON é o principal evento voltado para os mercados de construção civil e arquitetura na América Latina, reconhecido como o ambiente perfeito para atualização, visão estratégica, inovação e contato direto com os principais players da construção civil e arquitetura. Para mais informações acesse: https://www.feicon.com.br .

Sobre a RX

A RX constrói negócios para indivíduos, comunidades e organizações. Usamos o poder dos eventos presenciais, combinando dados e produtos digitais para conectar pessoas oferecendo experiências e oportunidades de negócios por meio de mais de 400 eventos realizados em 22 países e 43 diferentes setores da economia. É apaixonada por causar impactos positivos na sociedade e está comprometida em criar um ambiente de trabalho inclusivo para todos. A RX faz parte da RELX, um provedor global de análises baseadas em informações e ferramentas de decisão para profissionais e clientes corporativos. www.rxglobal.com

Via
KB!COM
Fonte
Giulia Marini

Posts relacionados

Botão Voltar ao topo