GastronomiaPelotas

Sítio em Arroio do Padre apresenta a culinária pomerana aos visitantes

Às margens da ERS 737, a 45 minutos do Centro de Pelotas, o empreendimento integra o roteiro Belos Caminhos de Arroio do Padre e oferece lazer em ambiente rural, contemplação, história e um café colonial com pratos típicos da região

Publicidade

Conhecer a cultura pomerana através da gastronomia, arquitetura e costumes será possível aos turistas e moradores da região com a inauguração, no domingo, 1° de maio, do café colonial do Sítio Casa da Figueira, localizado no município de Arroio do Padre, às margens da ERS 737, a 45 minutos do Centro de Pelotas. Com base na cozinha afetiva de raízes coloniais pomerana, o local busca fortalecer a cultura do município pela preservação das tradições.

O município de Arroio do Padre, um dos principais locais de colonização pomerana no Brasil, com cerca de três mil habitante, localizado na Serra dos Tapes, vem buscando espaço na rota turística do extremo sul do País, com atrações em turismo rural, cultural e gastronômico. Com a criação dos Belos Caminho de Arroio do Padre, uma iniciativa que virou lei municipal, a prefeitura busca incentivar e apoiar empreendedores da região e desenvolver um roteiro de atrações no município.

Parceria entre prefeitura e Sebrae RS dispõe de consultoria a 11 empreendimentos que compõe o roteiro atualmente, sendo quatro já estabelecidos, três inaugurados recentemente, outros quatro em fase de planejamento. Durante o pré-lançamento do Sítio Casa da Figueira, na última quarta-feira (20), o prefeito Rui Carlos Peter assegurou a instalação de sinalização turística com recursos a serem acessados da consulta popular do governo do Estado, que aprovou R$ 25 mil para instalação de placas com informações e com o QRcode que irão melhorar o acesso aos pontos turísticos.

Sítio Casa da Figueira

Com uma proposta de lazer ao ar livre e gastronomia artesanal, o Sítio Casa da Figueira recebe os visitantes no salão e no entorno de um casarão centenário com ampla área verde, jardim, parquinho, espaços para contemplação e trilhas. Uma mesa farta da culinária típica, que envolve a fabricação dos próprios doces de tacho, patrimônio imaterial do município, a sopa de galinha caipira, tradicionalmente servida como entrada em comemorações festivas, e o rivalsback, outro clássico da culinária alemã e pomerana, um bolinho frito feito com batatas cruas raladas e adição de ovos, amido e temperos. Além de carnes e de pães, cucas e bolachas assadas em forno a lenha de rua (backofen ou backoowa), comumente utilizado pelas famílias da região.

A paisagem com vista para os Três Cerros, com lindo pôr do sol, pomares e a sombra de uma enorme figueira, que dá nome ao local, estão entre as atrações do empreendimento de Ecléia Kruger dos Santos e Valdir dos Santos. Natural de Arroio do Padre, o casal de origem alemã e pomerana, adquiriu e restaurou o charmoso casarão centenário, localizado próximo ao quilômetro 20 da Federeca. “Estamos nos preparando há anos para este momento. A pandemia atrasou um pouco a abertura, mas seguimos com a proposta de trazer um café colonial que seja mais do que uma refeição farta, mas um momento de resgate das nossas origens e memórias”, declarou a proprietária.

Turismo em Arroio do Padre

A gestora de Projetos de Turismo do Sebrae RS, Jussara Argoud, lembra que o momento é de retomada do turismo e de resgate das conquistas pelo desenvolvimento do município. “A ideia do roteiro Belos Caminhos de Arroio do Padre é de integrar as atrações e permitir que as pessoas aproveitem diferentes passeios durante a visita ao município. A inauguração do Casa da Figueira irá valorizar e tornar mais atrativa a região, tanto para turistas como para os moradores de localidades próximas que buscam por lazer e boa gastronomia”, declarou Jussara.

A atração mais tradicional de Arroio do Padre é a Festa do Caqui e da Maçã, que não terá edição pelo terceiro ano consecutivo, em razão da pandemia. O evento, que atraiu em 2019 cerca de 15 mil pessoas em dois dias de festa, com bandas de músicas alemãs, chopp e a comercialização das frutas in natura, comemora a emancipação do município que ocorreu há 26 anos.

Recentemente Arroio do Padre passou a integrar a Costa Doce Gaúcha como novo destino turístico da região, estando, portanto, oficialmente no Mapa do Turismo Brasileiro.

Confira os empreendimentos em funcionamento:

Sítio Casa da Figueira: café colonial da culinária típica pomerana – ERS 737 KM 20 – atende aos sábados, domingos e feriados mediante agendamento, a partir das 12h30min até o pôr do sol. Contato: (53) 99161-5061

Casa Bus: local para eventos e almoço com churrasco em fogo de chão – Estrada dos Pomeranos S/N – contato: (53) 981447800

Bistrô Madah Doce Mania: Confeitaria – aberto de quarta a sexta das 14h às 22h e aos finais de semana das 14h até a meia noite – avenida 25 de julho, 1330, Centro de Arroio do Padre – contato: (53) 99911-9615

Bohrer Lanches: Pousada, restaurante e lancheria – Aberto de segunda a sábado, servindo café da manhã, almoço e janta – avenida 17 de Abril, n° 186, Centro de Arroio do Padre – Contato: (53) 98132-7429

Floricultura da Isarneli: Comércio de plantas e flores da região – segunda a sábado das 8:30 às 18 horas – Av. 17 de Abril, 466, Centro – Contato: (53) 98111-8913

Cachoeira do Camboatá – Camping – aberto todos os dias das 8h até as 20h – Rua dos Ipês, 55, Bairro Progresso – (53) 98124-3580

Fonte
Tatiana de la Torre

Posts relacionados

Botão Voltar ao topo