NegóciosSanta CatarinaTecnologia & Inovação

O impacto da alta dos combustíveis nas operações logísticas

Levantamento da Agência Nacional de Petróleo mostrou que o preço da gasolina subiu pela quarta semana seguida. Digitalização da operação logística pode ser saída para amenizar prejuízos.

O aumento do preço dos combustíveis vem causando grandes impactos no ambiente econômico mundial, o que gera prejuízos para diferentes cadeias de armazenamento e de distribuição. Levantamento feito pela Agência Nacional de Petróleo (ANP) mostrou que o preço da gasolina subiu pela quarta semana seguida. O valor passou para R$7,29 o litro, sendo o novo recorde de preço no varejo nacional, considerando uma alta de 0,16%.

De acordo com Marcel Alessi Soccol, Founder da DATAFRETE, empresa com foco no desenvolvimento de soluções para a gestão de fretes e logística de embarcadores, os impactos que esses aumentos estão trazendo são inúmeros. “São impactos que atingem diferentes produtos de diversos segmentos. Citando como exemplo o setor logístico, o setor de transporte é um dos componentes mais valiosos de todo o processo, acumulando custos e despesas que implicam revisão de cálculo nos outros setores”, explica.

Digitalização da operação logística

Quando o setor de distribuição de produtos e insumos depende de rodovias, gasolina e do diesel, ele se torna influenciado pelos valores dos derivados do petróleo. “Essa elevação dos preços faz com que as empresas repassem o reajuste para o preço final de insumos a serem fornecidos para outras empresas e, consequentemente, para o preço do produto final a ser ofertado no atacado e no varejo para o cliente”, destaca Marcel.

“Consequentemente, podemos dizer que todo o processo de planejamento, transporte e armazenamento tornam-se mais caros. Por isso, as empresas e o setor industrial e do e-commerce precisam procurar estratégias para reduzir custos para que o preço do produto final não se eleve tanto”, alerta.

Marcel explica que umas das formas de redução de custos e impacto do valor do produtos final é digitalizar a operação logística através de softwares. “Isso se torna uma forma de compensar parte dos custos de transportes pelos ganhos de produtividade da equipe interna”.

Exemplo de software é a solução oferecida pela DATAFRETE, que opera toda a logística em um sistema que se sustenta em quatro pilares: cotação de frete, tracking (rastreio, disparo de mensagem por whatsapp ou email informando o status da carga), auditoria e gestão de e-commerce, tudo de forma automatizada. “Dependendo da operação, pela robustez do nosso sistema, é possível até mesmo reduzir a equipe dentro da empresa”, acrescenta Marcel.

Marcel ainda destaca que esse tipo de sistema permite também o registro de histórico de SLA das transportadoras em relação ao frete. “Com isso é possível economizar fazendo a escolha da transportadora que tem menor índice de sinistros, atrasos de entregas ou outros pontos relevantes para o cliente final”.

“Importante lembrar que ao realizar a digitalização do processo logístico às tabelas, contratos e negociações de fretes para o cliente final, são inseridos no sistema, com isso, o cálculo será realizado com agilidade, com precisão, o que reverterá no preço final do frete e ganhos em produtividade da equipe”, informa.

Marcel cita outros benefícios como o recebimento e envio automático de atualizações do status do pedido, automatização de auditorias, permitindo a identificação e tratamento ágil de qualquer cobrança divergente ou inconsistente.

DATAFRETE

Localizada em Blumenau, Santa Catarina, considerada cidade polo nacional da tecnologia, a DATAFRETE é uma empresa com foco no desenvolvimento de soluções para a gestão de fretes e logística de embarcadores. O sistema integra e-commerces e indústrias com as transportadoras, facilitando os processos de gestão dos transportes e monitoramento das entregas com mais de vinte soluções desenvolvidas.

Com oito anos de expertise na área, as principais soluções oferecidas são simulador de frete, gestão de despacho, rastreamento de entregas, auditoria de faturas, ferramentas de business intelligence (BI) e serviços de consultoria logística. Um software desenvolvido para entregar a melhor gestão dos fretes, com redução de custos, melhoria na visibilidade das entregas e aumento das vendas.

Via
Presse Comunicação
Fonte
Nathália Heidorn

Posts relacionados

Botão Voltar ao topo