ExtraRS

Cesta básica de fevereiro tem leve aumento em São Leopoldo (RS)

Elevação no custo dos produtos foi de apenas 0,38% no mês.

O Procon de São Leopoldo identificou o aumento de 0,38% no valor da cesta básica em comparação ao mês de janeiro. O produto que apresentou o maior aumento foi o sabonete 90 gramas com variação de 26,88%. Já o produto que mais reduziu em comparação com o mês anterior foi a batata com redução de 20,57%.

“O objetivo da pesquisa é demonstrar a variação de preços e incentivar os consumidores à prévia pesquisa de preços, para que tenham mais economia”, destaca o diretor do Procon, Clovis Okada.

Conforme os dados, o Procon aponta a economia de 6% ou de 25% em dois cenários de compra. O consumidor poderia ter uma economia de 6% caso optasse fazer a compra da cesta em um único estabelecimento, considerando o menor valor de R$ 404,06 e o maior valor de R$ 429,97. Já o consumidor que fizesse a compra no estabelecimento com o produto de menor valor, a cesta teria custo de R$ 343,61, o que resultaria em uma economia de 25% em comparação ao maior valor da cesta. “Uma economia considerável”, ressalta a chefe de atendimento do Procon Anajara Nowatzki.

As quantidades de cada produto são calculadas, levando-se em consideração o consumo médio de quatro pessoas. “O registro de preços é realizado nos quatro estabelecimentos, sempre no mesmo dia, para que a comparação entre os fornecedores seja justa e possa simular uma situação real de consumo”, explica o pesquisador Diefrei Boaventura.

A pesquisa da cesta básica é realizada mensalmente pelo Procon em quatro fornecedores de São Leopoldo e tem por metodologia identificar a marca e o menor valor de cada item.

Confira a pesquisa da Cesta Básica referente ao mês de fevereiro de 2018. Clique aqui.

Decom/PMSL

Tags

Artigos relacionados

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios