GeralSão Leopoldo

Semae prepara política de eficiência hidroenergética

Depois de lançar, em outubro, o programa de redução de perdas e eficiência hidroenergética Semae Sustentável, a autarquia prepara agora os métodos que serão utilizados para cumprimento das metas estabelecidas no Planejamento Estratégico 2017-2020.

Segundo o engenheiro e sócio-gerente da Water Database, Mario Baggio, havia uma lacuna entre a estratégia e o operacional. “Faltava uma tática. Com essas diretrizes que serão implantadas, o Semae Sustentável será contemplado dentro do Planejamento Estratégico, melhorando os projetos e obras, a compra de materiais e equipamentos, a contratação de pessoas e mão de obra, por exemplo. A autarquia terá, assim, a eficiência como resultado”, explicou.

Publicidade

Conforme o diretor de Manutenção Hidráulica e Eletroindustrial, Everson Gardel, serão considerados os âmbitos social, econômico e ambiental. “Todos os setores e processos serão norteados por esse viés. Dessa forma, o Semae Sustentável será consolidado como uma política pública”, afirmou.

Ainda segundo Baggio, o Semae é a primeira empresa da região Sul do Brasil e a terceira do País a considerar três níveis de abragência para implementação do programa: estratégico, tático e operacional. “O objetivo é desafiador: reduzir 20% das perdas anualmente até 2020. Isso tudo para garantir o acesso das próximas gerações à água encanada e potável. Serve muito para São Leopoldo, mas também impacta positivamente toda a Bacia do Rio dos Sinos”.

Publicidade
Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar