LitoralRio Grande do Sul

Presos de Canoas vão participar de palestras sobre religião Afro Umbandista

A partir de março, os apenados do Instituto Penal de Canoas (IPC) receberão palestras religiosas promovidas pela Federação Afro Umbandista e Espiritualista do Rio Grande do Sul (Fauers). As conferências serão ministradas pelo diretor da Fauers, Everton Alfonsin, e pelo diretor das Políticas das Diversidades e Comunidades Tradicionais da Prefeitura Municipal de Canoas, Saulo da Silva Gil.

Publicidade

Segundo Alfonsin, além da parte religiosa, também há um trabalho social e ambiental por todo o estado. No sistema prisional, a inclusão tem como objetivo favorecer o conforto espiritual das pessoas que estão privadas de liberdade.
Conforme o artigo 24 da Lei de Execuções Penais, a assistência religiosa com liberdade de culto deverá ser prestada aos presos no estabelecimento penal. Deve haver um local apropriado para que o preso possa decidir se tem interesse em participar das atividades religiosas. De acordo a coordenadora técnica do (IPC), Fatíma Simas, “a religião é uma ferramenta que tem contribuído para que ocorram mudanças significativas nos apenados, como abandono dos vícios, moderação das atitudes e tratamento respeitoso com os funcionários”.
A Fauers também desenvolve o mesmo trabalho na Penitenciária Modulada de Osório.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Seu navegador está bloqueando os anúncios deste site.

Todo o conteúdo deste portal é 100% gratuito. Os anúncios que exibimos é a forma de manter este veículo de informação independente e comprometido somente com você leitor.