Gastronomia

Saiba mais sobre o chá e aproveite esta bebida

A história do chá Tudo começa em 2737 aC, na China. Segundo a lenda, enquanto o Imperador Shennong para saciar sua sede fervia água sob o abrigo de uma árvore, uma leve brisa agitou os ramos e separou algumas folhas que cairam na água. O imperador percebeu que a água ficou com um tom castanho claro e sentiu um perfume especial exalar, bebeu e ficou maravilhado com a descoberta. A árvore era uma árvore de chá selvagem: o chá nasceu.

Saiba mais sobre o chá e elabore o seu com perfeição

Como se harmoniza chá com comida?
Por exemplo, com chá preto de folha partida, mais forte, maior adstringência, combina com pratos com mais condimentos, queijos, bolos de chocolate negro. Já chás mais suaves, como um Darjeeling ou um de folha inteira, pedem outro tipo de alimentos – bolo de chocolate suave, nozes, bolos de fruta. Tudo isso pesa para cada tipo de chá – e dentro de cada tipo, temos de conhecer o chá em si. Se não corremos o risco de o sabor do alimento anular o do chá e não é isso que se pretende.

Na hora de comprar, qual chá escolher?
Você precisa ter em mente seu orçamento e equlibrar com o gosto de seus amigos e/ou familiares. O indicato é fazer uma carta de chás, que agrade vários gostos para a situação de receber visitas as quais não conhece o paladar. Mescle chás mais suaves com os mais intensos, cítricos e amadeirados não podem faltar. Não esqueça que tortas, bolos, bolachas e biscoitos são um acompanhamento perfeito e tornan-se até uma ótima e elogiada refeição.

Quais são os erros que mais se comete na preparação do chá?
Se você quer preparar um chá ótima qualidade a água deve ser sempre engarrafada ou filtrada. Nunca canalizada da torneira – tem compostos que se vão entranhar na infusão. Depois, uma grande parte dos brasileiros só conhece o chá de saquinho, não conhece o de folha solta, e os sabores do chá de saquinho, comercial, são uniformizados. Outro erro: deixar a água ferver e verter logo sobre as folhas – temos de aguardar, para não queimar a folha. Caso contrário, vai sair uma infusão amarga, quanto mais quente mais extração, mais adstringente fica. As pessoas acabam por não gostar e acrescentam colheradas de açúcar para conseguir tomar.

E quanto à água, recomenda alguma em particular?
Já fiz testes com vários tipos de água. Costumo respeitar o pH, é um dos segredos: gosto de fazer o meu chá com um pH neutro, entre 6,5, 7, por aí. A complexidade, a estrutura vai ser completamente diferente.
Para ter certeza no pH da água é melhor já comprar água mineral com esta característica de acidez, mas preste atenção no rótulo.

Posts relacionados

Botão Voltar ao topo