Saúde

Aborto espontâneo pode ser causado pela incompetência do istmo cervical

Muitas vezes a expectativa da chegada de um bebê é interrompida por conta de um aborto espontâneo que, entre diversos motivos, pode também ser causado pela Incompetência do Istmo Cervical, patologia gestacional que atinge de 1 a 5% das mulheres, de acordo com a ginecologista do Hospital São Luiz Dra. Mônica Rezende.

Publicidade

Para explicar o problema, a médica faz a seguinte analogia: “Imagine o útero como uma garrafa de cabeça para baixo: o centro dessa garrafa é onde o bebê deverá crescer ao longo dos meses”, afirma. No entanto, em mulheres que apresentam Incompetência do Istmo Cervical o colo do útero, que deveria ficar fechado, se abre fazendo com que o feto seja expelido.

Ao contrário de outros tipos de aborto, a Incompetência do Istmo Cervical provoca uma interrupção da gestação tardia, porque ocorre, em geral, quando as mulheres já estão de 12 a 20 semanas de gravidez. Outra característica a difere de outros tipos de aborto é o sangramento com ausência de dor. Ainda segundo a especialista, as principais causas são más formações uterinas, alterações anatômicas, assim como sequelas de intervenções cirúrgicas na região do útero. Embora ainda não exista exame específico para diagnosticar o problema com antecipação, a investigação das causas de um aborto prévio pode ajudar o ginecologista a identificar e tratar por meio de repouso absoluto e remédios.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Botão Voltar ao topo