Porto AlegreRio Grande do Sul

Espetáculo Antígona na Casa de Cultura Mario Quintana

O teatro Carlos Carvalho da Casa de Cultura Mario Quintana (CCMQ) apresenta, nesta terça-feira (4), às 19h, mais uma edição do projeto Universidade na Casa, com o espetáculo ‘Antígona’, de Sófocles, encenado pelo grupo de teatro da Universidade Federal de Pelotas (UFPel).  A ideia é possibilitar que estudantes dos diferentes cursos de artes cênicas do estado possam compartilhar sua experiência e formação com o público de Porto Alegre. São trabalhos acadêmicos orientados por professores dos cursos. A entrada é franca, com distribuição de senhas a partir das 18h30.

A tragédia trata do enfrentamento entre o indivíduo e o Estado, entre a liberdade e a tirania, entre a autonomia da mulher e o machismo. Na montagem da disciplina de Montagem Teatral 1, este enfrentamento é atualizado no discurso e no contexto.

Antígona

Sófocles (496 a.C – 406 a.C.) é um dos três mestres da tragédia grega (ao lado de Eurípedes e Ésquilo). Nesta tragédia, Antígona, filha de Édipo e Jocasta, decide desafiar a ordem autoritária de Creonte, seu tio, que assumiu o trono de Tebas após a morte de seus dois irmãos, Polinice e Eteócles. Antes, ocorreu o exílio de Édipo e, por conta disso, seus dois filhos entram em um acordo de revezamento no poder.

No entanto, Eteócles, o primeiro a assumir o trono, não cumpre o acordo, causando a revolta de Polinice que tenta tomar o poder. A tentativa é frustrada e os dois morrem em combate. Em razão do parentesco, Creonte assume o trono e proíbe o enterro de Polinice. Antígona se revolta contra o decreto de Creonte e, desobedecendo à ordem do Rei, enterra, às escondidas, seu irmão.

Creonte, encolerizado, condena Antígona à morte, de maneira lenta e dolorosa. Enquanto Antígona defende os direitos do cidadão, o ditador defende os interesses do Estado. O Estado tirânico quer legislar sobre a felicidade permitida. Antígona diz que os tebanos estão em silêncio porque têm medo. Creonte sentencia: “A submissão é a salvação da maioria bem mandada”. E completa com esta pérola: “Devemos apoiar, portanto, a boa ordem, não permitindo que nos vença uma mulher”.

SERVIÇO

  • Espetáculo “Antígona”.
  • Quando: terça-feira (4), às 19h
  • Onde: Teatro Carlos Carvalho  – 2º andar da CCMQ (Rua dos Andradas, 736).
  • Entrada franca, com distribuição de senhas a partir das 18h30.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo