Variedades

Ford lança três grandes novidades no Salão de Detroit

A Ford lança três grandes novidades no Salão de Detroit, que abre para o público de 19 a 27 de janeiro, nos EUA. Além do novo Shelby GT500, um dos lançamentos mais aguardados pelos fãs de supercarros, estão sendo revelados no evento a nova linha 2020 do Explorer e o Police Interceptor Utility, utilitário híbrido de uso policial.

O Shelby GT500, com mais de 700 cavalos de potência, faz jus à herança da grife Shelby. Ele tem a aceleração mais rápida e a tecnologia mais avançada voltada à performance já oferecida até hoje em um Mustang homologado para as ruas. “Carroll Shelby estava sempre trabalhando no próximo carro mais rápido que levaria a sua assinatura. Acho que ele adoraria esse Mustang mais do que qualquer outro”, disse Jim Farley, presidente de mercados globais da Ford. “O novo Shelby GT500 é um projeto primoroso que vai surpreender os proprietários de supercarros com sua tecnologia desenvolvida pela Ford Performance para as pistas, com motor supercharged e força visceral.”

O novo Shelby GT500 chega ao mercado norte-americano no segundo semestre, juntando-se ao Shelby GT350 para atuar em diferentes segmentos. Com potência de mais de 700 cavalos e sua primeira transmissão de dupla embreagem, ele oferece excelente desempenho em linha reta para as corridas de arrancada (drag). Nas pistas sua performance é ainda melhor, graças ao chassi projetado para competição, com pneus Michelin personalizados e freios com os maiores rotores dianteiros já oferecidos em um cupê esportivo americano. Nas ruas, seu design aerodinâmico desafiador e as tecnologias de controle de direção da Ford Performance contribuem para tornar cada momento ao volante ainda mais empolgante.

Carro de série mais potente da marca

Para tornar o novo Shelby GT500 o Mustang de rua mais rápido de todos os tempos, a Ford Performance criou um conjunto de motorização exclusivo que atinge novos níveis de potência e torque. O Shelby GT500 é equipado com um motor 5.2 supercharged de liga de alumínio, montado à mão. Para manter o ar de admissão mais frio e obter um centro de gravidade mais baixo, a equipe inverteu um compressor de 2,65 litros com intercooler ar-líquido, engenhosamente instalado no vão do motor V8.

Como no Shelby GT350, seu bloco de liga de alumínio tem camisas de cilindro de peso reduzido e cabeçote de alumínio de alto fluxo, além de bielas forjadas maiores, sistema de lubrificação e dutos de resfriamento aprimorados. O cárter estrutural adiciona robustez ao conjunto e reduz vibrações, com um sistema de circulação ativo patenteado para manter o óleo onde ele é necessário.

Para levar a potência e o torque ao exclusivo eixo de transmissão de fibra de carbono, a Ford Performance usou o conhecimento de calibração do sistema de dupla embreagem do Ford GT. A equipe escolheu uma transmissão de dupla embreagem TREMEC de 7 velocidades, capaz de fazer mudanças em menos de 100 milissegundos – muito mais rápida que qualquer caixa manual. Essa transmissão de dupla embreagem é projetada para operar com vários modos de direção, incluindo normal, chuva, esporte, arrancada e pista, além de recursos como o bloqueio das rodas dianteiras para aquecimento dos pneus traseiros (line-lock) e controle de arrancada por meio do sistema Track Apps.

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios