Novo HamburgoRS

Prefeitura reforça o convite para o Cadastro Social de Interesse Habitacional (CSIH)

Famílias devem se inscrever na Diretoria de Habitação e participar dos processos de seleção

O sonho da casa própria é uma possibilidade para hamburguenses que desejam uma moradia segura e regularizada. Famílias interessadas em participar de programas de habitação, podem se inscrever no Cadastro Social de Interesse Habitacional (CSIH) e, com isso, participar das seleções a serem realizadas nos programas habitacionais do município.

Desde abril de 2018, os interessados podem comparecer na Diretoria de Habitação (Rua David Canabarro, 20, 2º andar, no Centro de Novo Hamburgo) para receber todas as orientações sobre o cadastro (CSIH) e realizar o preenchimento da ficha de inscrição. O atendimento no local, presencial e em ordem de chegada, ocorre de segunda a sexta-feira, das 9 às 15 horas, sem fechar ao meio-dia. Diariamente, 20 senhas serão distribuídas.

“Estamos sempre inscrevendo pessoas interessadas em participar dos nossos programas habitacionais. É uma maneira segura de ter a casa própria, regularizada”, frisa a secretária de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Roberta Gomes de Oliveira.

O CSIH tem atualmente cerca de 1300 pessoas inscritas, todas aptas a participarem das seleções nos programas habitacionais do município. A população pode ter acesso à relação dos cadastrados e obter outras informações no endereço: https://www.novohamburgo.rs.gov.br/servicos/cadastro-social-interesse-habitacional

Seleção para o Residencial Salgado Filho

O cidadão que realizar sua inscrição no CSIH até o dia 15 de fevereiro, poderá participar da seleção para morar no empreendimento Residencial Salgado Filho, no bairro Canudos. O conjunto habitacional localizado na Rua Octávio Oscar Bender, junto ao Loteamento Morada dos Eucaliptos, contará com 15 prédios, com 20 apartamentos de aproximadamente 50 metros quadrados, distribuídos em cinco andares.

O novo empreendimento, que deverá ser entregue este ano, beneficiará 300 famílias,mais de mil moradores, por meio do programa Minha Casa, Minha Vida, com recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), por intermédio da Caixa Econômica Federal (CEF).

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios