DestaquePorto AlegreRS

Porto Alegre recebe doação de guarda-sóis para piscinas públicas

A prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Esporte (SMDSE), recebeu na tarde desta quarta-feira, 30, setenta e nove guarda-sóis e quatro ombrelones para uso dos frequentadores das piscinas comunitárias. Na abertura da temporada, em 8 de janeiro, a secretária Comandante Nádia fez um apelo para que alguma empresa doasse guarda-sóis. As lojas Lebes doaram 20 e a Rede Pampa de Comunicação, outros 59 mais os quatro ombrelones. A entrega simbólica foi realizada na piscina do Centro Comunitário Parque Madepinho (Cecopam), localizado na rua Arroio Grande, 50 – bairro Cavalhada com a presença da direção da Rede Pampa.

A secretária Comandante Nádia agradeceu à Rede Pampa, que foi a primeira a dar resposta ao pedido feito, e falou sobre o benefício das piscinas para a população. “As crianças que estão aqui aproveitando não estão pelas ruas neste período de verão. Vamos ficar abertos até dia 2 de março para que haja um melhor aproveitamento. Além das crianças, temos atividades para os idosos e para a família. As piscinas são da comunidade e o que peço que é nos ajudem a fiscalizar e cuidar desse patrimônio que é de vocês”, enfatiza.

O presidente da Rede Pampa Alexandre Gadret falou da satisfação de fazer o bem para a comunidade. “O bom uso dessa doação é o que nos deixa orgulhosos. Quando percebemos a oportunidade de contribui, nada melhor do que darmos um destino útil aos guarda-sóis que tínhamos na empresa. Contem sempre conosco para outras parcerias pela frente”.

O vice-presidente Paulo Sérgio Pinto se mostrou surpreso com as instalações do Cecopam. “Joguei futebol aqui quando era o parque, nunca imaginei que tivesse crescido neste sentido. Parabéns, prefeitura. Num calor como este termos estas piscinas para as crianças vivenciarem um pouco de frescor é um grande trabalho”.

Também participaram do ato a coordenadora de Marketing e Eventos da Rede Pampa, Sabrina Freitas, e o coordenador de Esporte e Lazer da SMDSE, Cláudio Franzen, além de representantes da comunidade e as crianças que lotavam a piscinas.

Piscinas – Desde o dia 8 de janeiro estão abertas cinco piscinas comunitárias na Capital. Para o uso das piscinas é necessária a confecção das carteirinhas de acesso com apresentação de uma foto 3×4 e carteira de identidade. Menores de 14 anos devem estar acompanhados pelos pais. No turno da manhã, há aulas de natação e hidroginástica. As inscrições podem ser feitas nas secretarias de cada unidade.

O destaque de 2019 é a parceria, inédita, feita com a Associação Brasileira de Químicos (ABQ), que cederá o técnico responsável químico para o controle das águas das piscinas. Os produtos químicos necessários serão fornecidos por meio de convênio com o Dmae.

O funcionamento das piscinas é uma promoção da Secretaria de Desenvolvimento Social e Esporte, por meio da Coordenação-Geral de Esporte, Recreação e Lazer, em parceria com as secretarias da Educação, da Saúde, da Segurança, Dmae, DMLU, Guarda Municipal e Fasc.

Piscinas abertas
Cecoflor (Centro de Comunidade Vila Floresta) – rua Irene Caponi Santiago, 290, bairro Vila Floresta
Cecopam (Centro de Comunidade Parque Madepinho) – rua Arroio Grande, 50, Cavalhada
Ceprima (Centro de Comunidade Primeiro de Maio) – rua Comoati, 64, bairro Santa Maria Goretti
Cevi (Centro Comunitário Vila Ingá) – rua Papa Pio XII, 350, bairro Passo das Pedras

Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios