Novo HamburgoRS

Idosos do Lar São Vicente fazem a festa com os jovens das oficinas

Estudantes levaram alegria aos vovôs e vovós do lar no bairro Primavera

Com os produtos na frente, jovens e idosos posam para a foto

Da brincadeira da gincana ao conhecimento de muitas histórias. Assim foi a última sexta-feira dos jovens que participam das oficinas do Programa de Desenvolvimento Municipal Integrado (PDMI) e dos vovôs e vovós do Lar São Vicente de Paula, no bairro Primavera. Estudantes das oficinas, oferecidas pela Prefeitura Municipal de Novo Hamburgo (PMNH) e realizada na Associação do Bem Estar da Criança e do Adolescente (Asbem), também levaram produtos de higiene que foram arrecadados nas últimas semanas em uma gincana.

Idosos do Lar São Vicente fazem a festa 2 - Idosos do Lar São Vicente fazem a festa com os jovens das oficinas

Divididos em dois turnos, os jovens fizeram atividades com os idosos, entre elas, apresentação de teatro, música e roda de chimarrão. Além disso, essa foi uma oportunidade de entrevistá-los e conhecer um pouco mais sobre a vida de cada morador do Lar São Vicente. Para a participante da oficina de comércio e serviço Gabrielle Wingert, 18 anos, esses momentos de troca são especiais. “Eu já fiz trabalho voluntário em outros lugares, mas sempre é um aprendizado diferente. É bom ver que eles ficam felizes com nossa presença”, disse ela.

Para Sara de Sousa Barbosa, 17 anos, ter essas experiências são fundamentais para o crescimento de cada um. “Eu entendo que esse tipo de ação nos humaniza. Estamos melhorando tanto no campo profissional, quanto no pessoal. Porque neste momento estamos sabendo ouvir e falar no momento certo”, ressaltou ela, enquanto tomava chimarrão com uma das vovós do São Vicente.

Idosos do Lar São Vicente fazem a festa 3 - Idosos do Lar São Vicente fazem a festa com os jovens das oficinas

Conforme a diretora da Asbem, Suzana Schutz, a atividade emocionou a todos. “É o resultado de um trabalho de humanização e profissionalização.” A gincana, que tratava sobre as diversidades e os tipos de violência, contou com a participação de psicopedagoga, psicólogo e assistentes sociais. “Uma das tarefas foi arrecadação destes produtos que foram doados para os idosos. Além disso, trouxemos teatro, música, entrevistas e muita alegria aos moradores”, disse, com orgulho, a diretora.

As oficinas integram o componente de Prevenção à Violência e têm o Financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios