CanoasVale do Sinos

Canoas terá ambulatório para diagnóstico precoce do autismo

O mês da Conscientização do Autismo traz novidades para pacientes de Canoas. Preocupado com o diagnóstico e tratamento do espectro, o Município inaugura, no dia 29, o Ambulatório de Diagnóstico Precoce e Cuidado da Criança e Adolescente com Transtorno do Espectro Autista. Pioneiro no Rio Grande do Sul, o serviço é voltado para crianças e jovens e será integrado à área de Saúde Mental, da Secretaria Municipal da Saúde de Canoas. O ambulatório funcionará no Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil (CAPS IJ), no bairro Mathias Velho, que fará o trabalho de avaliação para definir se há presença do espectro autista no paciente.

O fluxo de atendimento para o diagnóstico precoce do Autismo iniciará na Unidade Básica de Saúde (UBS) de referência do paciente. Canoas conta com 27 unidades espalhadas por todos os bairros da cidade, aquela mais próxima da residência do cidadão é a sua referência. Quando o médico da UBS suspeitar sobre o Autismo, encaminhará a criança ou adolescente para o ambulatório. Lá, o paciente passará por consultas com psiquiatra, neurologista, psicólogo, fonoaudiólogo e demais profissionais do CAPS IJ , que darão a versão definitiva do diagnóstico. A família também receberá atendimento com profissionais, como psicólogo, assistente social e enfermeiro. A partir daí, caso confirmado, inicia o acompanhamento do autista.

De acordo com o secretário de Saúde de Canoas, Fernando Ritter, a intenção de instalar o ambulatório na cidade surge de uma demanda existente na rede. “Percebemos que há uma grande necessidade de um setor para realizar o diagnóstico. Identificar o espectro de maneira precoce é fundamental para melhorar a qualidade de vida do paciente. Esse é a nossa intenção”, destaca.

Treinamentos já começaram

Nesta quarta-feira (17), as equipes de profissionais que atuam no CAPS IJ receberam formação para a realização do diagnóstico e atendimento aos pacientes diagnosticados com o espectro. A capacitação foi dada pela psicóloga Dóris Luft, pelo educador físico Moacir Dornelles e também com o youtuber autista Willian Chimura. Também passarão por capacitação os profissionais das 27 UBSs da cidade.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo