RSSerra Gaúcha

Mais de 4,4 mil crianças e gestantes são vacinadas em Caxias do Sul

Proteção é contra a gripe nesta primeira etapa da campanha. A partir de segunda-feira (22/04), a imunização será aberta aos demais grupos prioritários

Mais de 4,4 mil doses da vacina contra a gripe foram aplicadas em Caxias do Sul durante a primeira etapa da Campanha Nacional de Imunização Contra a Influenza. De 10 de abril até esta quinta-feira (18/04), a mobilização priorizou gestantes e crianças de seis meses a cinco anos. A partir de segunda-feira (22/04), a vacinação será aberta também aos demais grupos prioritários.

Segundo levantamento da Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), do total de doses administradas, 3,7 mil foram em crianças e 700 em mulheres grávidas. Os números correspondem, respectivamente, a 12% e 15% da meta estabelecida para essa população.

crianças e gestantes são vacinadas em Caxias do Sul 1 - Mais de 4,4 mil crianças e gestantes são vacinadas em Caxias do SulJuliana Argenta, diretora da Vigilância Epidemiológica, observa que os índices de cobertura vacinal alcançados pelo município aproximam-se dos verificados no estado e no país. O Rio Grande do Sul imunizou 13% das crianças e 18% das gestantes. No país, as taxas ficaram em 11% e 16%, respectivamente. Comparativamente ao ano passado, os resultados são melhores. “Foi positivo priorizar esses dois grupos populacionais. Em 2018, na primeira semana de vacinação, só 5% das crianças e 8% das gestantes haviam sido vacinadas. Neste ano, dobramos os índices”, afirma.

Além da imunização contra a gripe, durante a campanha, está sendo feita a atualização da vacinação das crianças e gestantes. Isso significa que as doses pendentes estão sendo aplicadas. Portanto, é importante apresentar o Cartão de Vacinação.

Conforme determinação do Ministério da Saúde, devem ser vacinadas pessoas com 60 anos ou mais, mulheres no puerpério (até 45 dias após o parto), gestantes, crianças de seis meses a cinco anos, professores, povos indígenas, trabalhadores da saúde e do sistema prisional, população privada de liberdade, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais. A campanha segue até 31 de maio.

As doses estão disponíveis nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 8h às 16h. O Dia D será realizado em 4 de maio. Nesta data, um sábado, todas as UBSs estarão abertas das 8h às 17h, exclusivamente para vacinação do público-alvo.

A meta é imunizar 90% da população de cada grupo prioritário (neste cálculo não são considerados os doentes crônicos, os professores e a população prisional). A estimativa da Vigilância Epidemiológica é vacinar 126,9 mil pessoas em Caxias do Sul. O objetivo é reduzir as complicações, as internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus Influenza. A vacina é a estratégia mais eficaz para prevenir os casos graves e os óbitos.

Juliana destaca a importância de buscar a prevenção todos os anos. “Os vírus que causam gripe sofrem alterações de uma temporada para outra. A vacina também muda para acompanhar essas variações. Por isso, é preciso repetir anualmente”, esclarece.

A dose é contraindicada apenas para pessoas com histórico de reação anafilática em doses anteriores, bem como a qualquer componente da vacina, ou alergia grave relacionada ao ovo de galinha. Para o público em geral, as reações em decorrência da imunização são normalmente leves, como dor no local da aplicação.

Dicas para evitar a contaminação pelo vírus Influenza

  • Manter os ambientes bem arejados, especialmente aqueles que reúnem grande número de pessoas
  • Adotar hábitos de vida saudáveis, como alimentação balanceada, ingestão de líquidos e atividade física
  • Não compartilhar alimentos, bebidas, talheres, toalhas e outros objetos de uso pessoal, especialmente durante um quadro gripal
  • Lavar frequentemente as mãos com água e sabão ou higienizar com álcool gel, principalmente depois de tossir ou espirrar; depois de usar o banheiro; antes de comer; antes e depois de tocar os olhos, a boca e o nariz
  • Evitar tocar os olhos, o nariz ou a boca após contato com superfícies potencialmente contaminadas (corrimãos, bancos, maçanetas, etc)
  • Ao tossir ou espirrar, cobrir o nariz e a boca com lenço descartável. Na falta do lenço, proteger nariz e boca com a parte interna do braço, e não com as mãos
  • Pessoas com síndrome gripal devem evitar contato direto com outras, abstendo-se de suas atividades de trabalho, estudo, sociais ou aglomerações e ambientes coletivos

Serviço
Vacinação para os grupos prioritários: 22 de abril a 31 de maio
Locais: Unidades Básicas de Saúde
Horários: de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 8h às 16h
O que levar: para receber a vacina, os idosos devem apresentar documento que ateste a idade; as crianças, o Cartão de Vacinas; as mulheres grávidas, Cartão da Gestante; professores e profissionais da saúde, comprovante da profissão (crachá ou carteira de trabalho). Já os doentes crônicos precisam apresentar receita médica especificando a enfermidade.

Dia D de vacinação: 04 de maio, sábado
Locais: Unidades Básicas de Saúde
Horário: 8h às 17h
Público-alvo: vacinação de todos os grupos prioritários

Publicidade
Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios