Novo Hamburgo

Pessoas com deficiência são beneficiadas com a reformulação do Sistema Gmus

O Sistema de Gestão Municipal em Saúde (Gmus) utilizado pela Secretaria de Saúde de Novo Hamburgo passou recentemente por reformulações que beneficiam as pessoas com deficiências no município, com a agilização do processo de encaminhamento de órtese e prótese.

Antes da atualização do Gmus, o processo era realizado totalmente de forma manual, desde o preenchimento da documentação pelo médico até a entrega dos laudos e as documentações do paciente na Prefeitura, o que levava até uma semana para ser realizado.

Com a reformulação, este processo é facilitado já que, no mesmo momento em que a consulta está sendo realizada, o médico preenche o prontuário, o formulário necessário e encaminha para a Central de Marcações. A recepção anexa digitalmente estes documentos e, no mesmo instante, entra para a fila de espera do Estado. “Desde a atenção básica, a administração municipal está trabalhando para poder agilizar as questões da saúde das pessoas com deficiências, para que o atendimento delas seja mais ágil e prático”, explicou a coordenadora de Política de Saúde da Pessoa com Deficiência, Cler Oliveira.

Bases cadastrais

A reformulação do Gmus também contempla temas que permitirão mais informações no registro dos pacientes, como o cadastro das Pessoas com Síndrome de Down e cadastro dos beneficiários do BPC (Beneficio de Prestação Continuada).

Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios