São Leopoldo

Professores de Educação Infantil recebem formação continuada em São Leopoldo

Buscando fortalecer a rede municipal e construir um documento orientador das práticas pedagógicas, a Secretaria Municipal de Educação (Smed) realizou na sexta-feira, 17 de maio, uma formação continuada para professoras da Educação Infantil da rede municipal e credenciadas. O encontro teve a palestra da professora Sariane Pecoits que abordou a temática “Direitos de Aprendizagem na educação infantil: agência de adultos e crianças na invenção de um currículo”. O evento ocorreu no Anfiteatro Padre Werner da Unisinos.

A diretora Pedagógica da Smed, Carla Escosteguy, destacou a importância do trabalho da equipe de assessoria pedagógica da secretaria. “O histórico da Educação Infantil é muito recente na Educação Básica, deixando de ser assistencialista e construindo essa identidade específica. No cenário atual – de retrocessos – se faz necessário que se fortaleça a intencionalidade educativa, evitando a volta do assistencialismo ou a escolarização precoce, reforçando a importância do brincar como um dos direitos da Educação Infantil”, disse Carla.

Em sua fala, a professora Sariane Pecoits falou sobre a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e sobre a dimensão do documento avaliador. “Desde abril estive me reunindo com representantes das escolas, com diretores; e hoje, então, me encontro com o grupo maior. Quando fui convidada pra assessorar na construção do documento orientador nós pensamos em como faríamos pra ser uma construção coletiva e ter a cara da rede municipal de São Leopoldo. Os objetivos para Educação Infantil -que estão na BNCC – dão margem para dois grandes erros: colocar os objetivos na frente das crianças e o apostilamento, o uso do livro didático na Educação Infantil”, falou Sariane.

“É muito gratificante, como professora, ver tantos ex-alunos aqui que seguem fortemente na profissão. O empréstimo do auditório é o que acreditamos, no momento, que a Unisinos pode fazer pelo município de São Leopoldo. Contem sempre conosco”, disse a representante da Unisinos, a professora Regina Urmersbach.

Sobre o histórico da formação

A discussão se dá a partir de indicadores de qualidade do Ministério da Educação (MEC) e da BNCC . Antes disso, foram realizadas formações em 2017 e 2018, diretamente com as supervisoras, para subsidiar as discussões com o grupo de professores em suas respectivas escolas.

A professora Sariane tem experiência na área de Educação, com ênfase em educação infantil e formação de professores, professora do Curso de Especialização em Educação Infantil da Unisinos, professora da rede pública de Porto Alegre e doutoranda do PPGEDU / UFRGS na linha de pesquisa Estudos sobre Infâncias. “A minha pesquisa de doutorado busca compreender como a gente concilia, no ambiente escolar, orientações que são nacionais e a ação das crianças e dos adultos na instituição infantil; como a gente articula para a Base Nacional Comum Curricular, que tem centenas de objetivos, faça parte daquilo que vivemos na escola”, disse Sariane.

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios