CASANEWSSão Leopoldo

Seminário Novas Tecnologias para Habitação Social

Silke Kapp, líder do Grupo de Pesquisa Morar de Outras Maneiras, falou sobre experimentos realizados na área

Na noite da última sexta-feira, 17/5, ocorreu na Unisinos, o Seminário Novas Tecnologias para Habitação Social, com a arquiteta e urbanista Silke Kapp. Durante a tarde, foi realizada uma abertura para o Seminário, onde foram expostos os trabalhos sociais realizados pelo curso de Arquitetura na disciplina Atelier de Projeto VI.

Publicidade

Na cerimônia de abertura, além da palestrante, estavam presentes o coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo, Adalberto da Rocha, o secretário de Habitação, Nelson Spalaor, professores e alunos do curso.

Segundo a professora Debora Becker, a disciplina de Atelier e Projeto VI realiza uma atividade acadêmica regular em parceria com a Secretaria de Habitação de São Leopoldo. “Os alunos desenvolvem um projeto de habitação de interesse social em uma comunidade real e auxilia a prefeitura a desenvolver projetos melhores para a comunidade”, comentou.

A professora também falou sobre a importância do trabalho para os acadêmicos. “Os estudantes entram na cidade real, eles entendem a problemática ocupacional. Eles conhecem comunidades carentes, falam com moradores e conhecem as condições físicas e de habitação que os moradores se encontram”, completou.

Foto: Matheus N. Vargas

O secretário de Habitação do Município dissertou sobre a relevância da parceria entre a Prefeitura e a Universidade. “O trabalho realizado pela Unisinos nos dá a possibilidade do conhecimento, da elaboração de um novo espaço, um novo habitat para essas famílias”, declara Nelson.

Na palestra, a arquiteta e urbanista com Mestrado e Doutorado em Filosofia, Silke Kapp, falou sobre as tecnologias sociais relacionadas a moradias. “Em 2010 a gente constituiu com outras sete Universidades, uma rede de pesquisa, que se chama Rede Morar TS (Tecnologia Social)”, explicou.

Silke fez comparações com o que estrava acontecendo em 2010 e o que está acontecendo hoje. A arquiteta também falou sobre o que é tecnologia social, pois, segundo ela, muitas pessoas ligam a palavra social a questões de vulnerabilidade e renda.

O evento foi promovido pelo Curso de Arquitetura e Urbanismo em parceria com o Mestrado Profissional.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Seu navegador está bloqueando os anúncios deste site.

Todo o conteúdo deste portal é 100% gratuito. Os anúncios que exibimos é a forma de manter este veículo de informação independente e comprometido somente com você leitor.