Vale do Sinos

Canoas cria Câmara Técnica de Prevenção à Violência nas Escolas

O município de Canoas lançou na última semana a Câmara Técnica de Prevenção à Violência nas Escolas, que tem o objetivo de unir esforços dos diferentes órgãos de segurança pública para potencializar as iniciativas de combate ao crime.

Publicidade

A ação conta com a participação da Brigada Militar, Polícia Civil, Susepe, Guarda Municipal e das secretarias da Educação (SME) e da Segurança Pública e Cidadania (SMSPC). A vice-prefeita, Gisele Uequed, explica que a Câmara Técnica foi criada para evitar a fragmentação e a sobreposição de atividades voltadas à prevenção à violência nas escolas. “Com a iniciativa será possível direcionar cada programa, gerenciando as políticas voltadas a cada escola, o que também nos permite efetuar o monitoramento dos resultados das ações. Trabalhar na prevenção é essencial para termos uma Canoas mais segura para todos”, salienta Gisele.

O prefeito de Canoas, Luiz Carlos Busato, ressalta a importância da iniciativa: “Sabemos da relevância que esses programas têm para nossos jovens, por isso, a ideia é trabalhar de forma integrada. O primeiro objetivo é evitar a evasão escolar, ou seja, é fazer com que esse jovem permaneça na sala de aula, pois, identificamos que estar fora da escola é um dos fatores para a entrada no mundo do crime”.

Entre os programas já existentes no município estão o PROERD, da Brigada Militar; o Papo de Responsa, da Polícia Civil; Caminho a Escolher, da Susepe; os programas Cuidando Trajetórias e Todo Jovem Importa, que envolvem diferentes secretarias municipais; o teatro de fantoches e o Recreio Animado da Guarda Municipal. O secretário de Segurança, Alberto Rocha, afirma que os diferentes programas trabalham, além da conscientização sobre o mundo do crime, temas como bullying, drogas, suicídio, violência doméstica, homofobia, entre outros.

Das 44 escolas, apenas seis recebiam projetos de prevenção à criminalidade em 2016. Na atual gestão, esse número passou para 14. “Agora, o objetivo é atuar em todas elas com foco no combate à evasão escolar. A Câmara Técnica vai agir em todas as escolas de forma direcionada ao perfil de cada instituição”, finaliza Alberto.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Seu navegador está bloqueando os anúncios deste site.

Todo o conteúdo deste portal é 100% gratuito. Os anúncios que exibimos é a forma de manter este veículo de informação independente e comprometido somente com você leitor.