DestaqueSão LeopoldoVale do Sinos

São Leopoldo reforça combate à dengue com novos agentes

Vinte e um agentes de combate às endemias recém-contratados reforçam, a partir de hoje (1º), as equipes da Vigilância Ambiental, em São Leopoldo. Eles ampliarão o trabalho de prevenção com foco em doenças como dengue, chikungunya e zika. Na primeira atividade de formação, os profissionais, aprovados em processo seletivo realizado pela Unisinos, participaram do curso no ambiente virtual do Sistema Único de Saúde (SUS). Ao longo da semana serão ministradas 40 horas/aula sobre o que a função exige e apresentando a estrutura administrativa da Secretaria da Saúde (Semsad).

Na recepção aos agentes, na Escola de Gestão Pública (EGP), o secretário da Saúde, Ricardo Charão, destacou a importância do trabalho executado pelos agentes. “O cidadão conhece somente a ponta do serviço do SUS, a parte final, que são os atendimentos de urgência e emergência nas unidades básicas e UPAs. Vocês, na Vigilância em Saúde, terão a oportunidade de conhecer o quão amplas são as ações do SUS. Nosso sistema público faz desde um curativo no dedo até um transplante de coração”, exemplificou.

Reforço na atenção básica

Os novos agentes substituirão dez funcionários que finalizaram seu contrato e se juntarão a outros quatro que já compõem o quadro, totalizando 25 profissionais. Na semana passada, a Semsad deu início à qualificação de 13 agentes de saúde, que se somarão aos mais de 80 que já atuam na Estratégia de Saúde da Família. Entre outras atividades, eles auxiliam no controle de carteiras de vacinação, pesagem de crianças, orientam pacientes. Os profissionais também monitoram vetores de doenças como dengue, chikungunya e zika.

Publicidade
Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios