DestaqueRS

Ospa faz apresentação em Teutônia nesta sexta-feira

A Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa) faz apresentação em Teutônia nesta sexta-feira (26), às 20h, no salão da Associação Pró-Desenvolvimento de Languiru. Com obras de Mozart, Bizet e Rossini, a apresentação é conduzida por Arthur Barbosa, regente da Ospa Jovem, diretor artístico da Orquestra Eleazar de Carvalho em Fortaleza e violinista da Ospa.

Os solos são interpretados por Rosimari Oliveira, soprano que atua pelas principais orquestras do Estado. O evento, que pretende oferecer música erudita a municípios no Estado, é a quinta passagem da Ospa em 2019 pela Série Interior.

Publicidade

Os ingressos, gratuitos, são limitados e podem ser retirados em cinco pontos do município mediante doação de 1kg de alimento não perecível: supermercado Rede Super, na Vila Popular; supermercado Languiru do bairro Canabarro (unidade da Rua Guilherme Schneider Sobrinho); supermercado Languiru do bairro Languiru; Colégio Teutônia, no bairro Teutônia; e Secretaria de Juventude, Cultura, Esporte e Lazer, sala 17 da prefeitura.

O repertório contempla uma grande variedade de compositores da música de concerto. A apresentação se inicia com a abertura da famosa ópera O Barbeiro de Sevilha, de Gioacomo Rossini (1792-1868), popularmente reconhecida pela letra de Fígaro. A ária Qual Fiamme Avea Nel Guardo, de Ruggero Leoncavallo (1857-1919), da Ópera Pagliacci, remete ao movimento literário verista, que buscava superar o romantismo italiano a partir da verossimilhança das peças com a realidade.

Na sequência, a orquestra interpreta a abertura de As Bodas de Fígaro, de Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791), uma das obras-primas da época, que enfrentou resistência pelo caráter revolucionário e crítico da composição. A ária O Mio Babbino Caro, de Giacomo Puccini (1858-1924) é inspirada em fragmentos de A Divina Comédia, de Dante Alighieri, e evoca o sentimentalismo de uma narrativa melancólica.

Publicidade

O nacionalista Camargo Guarnieri (1907-1993), aliado do literato Mário Andrade, é rememorado com Danças Brasileiras, obra elaborada a partir de lembranças da infância e de músicas que celebravam a abolição da escravatura. La Cumparsita, do uruguaio Gerardo Matos Rodríguez (1897-1948), tem arranjos de Artrhur Barbosa. A peça é reconhecida como o tango mais famoso do mundo. Para encerrar a noite, a orquestra destaca duas composições do Rei da Valsa Johann Strauss II: Tritsch-Tratsch Polka e Pizzicato Polka.

Concerto da OSPA em Teutônia – Série Interior 2019
Quando: 26 de julho de 2019, sexta-feira, às 20h
Local: Associação Pró-Desenvolvimento de Languiru (Av. Um Leste, 185 – Centro Administrativo, Teutônia)

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios