DestaqueSerra Gaúcha

Codeca de Caxias do Sul tira dúvidas sobre descarte de resíduos

Algumas dúvidas persistem na hora de fazer o descarte de resíduos adequadamente. Por isso o setor de educação ambiental da Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul (Codeca) trabalha quatro tipos de atividades: roteiro Caminhos do Lixo, palestras educativas, visitas técnicas e oficina de separação de resíduos. Somente no primeiro semestre de 2019, 2.890 participaram das ações. A lavagem de resíduos seletivos antes do descarte é uma das principais dúvidas do público.

Conforme Artur Rech da Rosa, educador ambiental, a Codeca não estimula essa atitude. “Eles já serão lavados no processo de reciclagem. Dessa forma, é indicado, somente, colocar os resíduos na lixeira da forma mais limpa possível. Por exemplo: deixar escorrer o leite da caixinha na pia, passar um guardanapo usado no pote de margarina, etc. Caso o resíduo esteja muito sujo, recomenda-se colocar no orgânico, pois ele contaminará outros resíduos se misturado ao material seletivo, impedindo a reciclagem”, indica.

Outra dúvida recorrente se refere ao descarte de vidros quebrados. “Os vidros sempre deverão ser descartados nas lixeiras de resíduos seletivos. No caso de vidros quebrados, o acondicionamento correto é dentro de caixas de papelão, de leite ou de garrafas PET, com o conteúdo devidamente identificado. Isso é necessário para evitar que os coletores sofram acidentes na hora da coleta”, explica Rosa.

descartcaxias - Codeca de Caxias do Sul tira dúvidas sobre descarte de resíduos
Foto: Gustavo Rech

De janeiro a junho de 2019, a Codeca promoveu 35 palestras educativas com ensinamentos semelhantes. Nelas, são apresentados os serviços da empresa, com ênfase nos cuidados com a preservação do meio ambiente e no descarte de resíduos sólidos urbanos (lixo orgânico e seletivo). Elas ocorrem em entidades, empresas privadas, instituições hospitalares e escolas.

Também é realizado o roteiro Caminhos do Lixo, um passeio guiado pela sede da Codeca, uma associação de catadores e a Estação de Transbordo, antigo aterro sanitário; visitas técnias, orientadas para universidades e pessoal técnico junto ao aterro sanitário, em Vila Seca, com demonstração da destinação dos resíduos e do tratamento de efluentes; e oficinas de separação de resíduos, feitas durante o Caxias Mais Feliz, da Prefeitura de Caxias do Sul, tirando dúvidas dos participantes do evento em diferentes bairros. A companhia também tem um jogo educativo para orientar crianças sobre a importância de adotar atitudes ambientalmente corretas: o Sustentabrincabilidade.

A comunidade pode agendar palestras educativas, roteiros ou visitas técnicas pelo telefone (54) 3224.9300, no ramal 305, ou enviando e-mail para comunicacao@codeca.com.br. As datas estão sujeitas à disponibilidade de horários dos educadores ambientais. A participação nas oficinas, ministradas durante as edições do Caxias Mais Feliz, pode ser feita sem agendamento. Basta acompanhar o bairro contemplado com a ação conforme divulgação feita no site caxias.rs.gov.br.

Educação ambiental

Além do descarte de resíduos seletivos e de vidros quebrados, a comunidade costuma manifestar outras dúvidas ao setor de educação ambiental. A seguir, algumas das principais e as orientações dadas pelos educadores.

Logística reversa: resíduos como lâmpadas, pilhas e baterias, embalagens de óleos automotivos, latas de tinta, medicamentos (inclusive vencidos) e seringas devem ser devolvidos nos mesmos locais onde foram comprados. Por isso, não podem ser descartados no lixo comum, tanto no orgânico, quanto no seletivo.

Móveis: móveis e eletrodomésticos devem ser destinados ao Ecoponto da Codeca. O setor separa o que está em bom estado e encaminha para famílias carentes. O que não está funcionando é repassado a uma empresa para descontaminação e reciclagem. O horário de funcionamento é das 7h às 12h30 e das 13h30 às 17h, de segunda a sexta-feira; e das 7h às 12h30, aos sábados. Caso o móvel ou eletrodoméstico seja muito grande e o proprietário não consiga entregar na Codeca, a retirada pode ser agendada sem custos pelo telefone (54) 3224.8000. Não é indicado colocar esses resíduos em lixeiras e contêineres, uma vez que materiais volumosos causam danos a essas estruturas.

Resíduos de construção civil: eles não fazem parte da coleta regular e precisam de destinação especial. Em caso de reformas ou construções, é necessária a contratação de empresas especializadas para recolhimento. Assim como os volumosos, os resíduos de construção civil danificam os caminhões e contêineres da Codeca. Além disso, o aterro sanitário não foi preparado para receber esse tipo de material. Itens adversos do planejado (resíduos orgânicos) diminuem o tempo de vida útil do aterro.

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios