Serra Gaúcha

Caxias do Sul lança 4ª edição do Projeto Mulheres em Ação

Iniciativa oportuniza orientações profissionais sobre trabalho doméstico e serviços gerais

A Coordenadoria da Mulher, unidade da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Proteção Social (SMSPPS), iniciou nesta quinta-feira (1º/08) a 4ª edição do projeto Mulheres em Ação. O lançamento ocorreu na Escola Municipal de Ensino Fundamental Guerino Zugno. A iniciativa contempla em torno de 15 mulheres do bairro Planalto. Elas receberão orientações profissionais sobre o trabalho doméstico e serviços gerais até 10 de setembro. No período, também serão trabalhadas formações cidadãs cujos temas referem-se a relacionamentos saudáveis, autoestima, saúde da mulher, empreendedorismo e aposentadoria.

Caxias do Sul Projeto Mulheres em Ação 1 - Caxias do Sul lança 4ª edição do Projeto Mulheres em Ação

O objetivo do projeto é promover um espaço de discussão sobre temáticas relevantes para a comunidade, que despertem e fortaleçam a cidadania e o empoderamento feminino, além de ofertar uma oportunidade de profissionalização e geração de renda às mulheres da região. As ações ocorrem na escola Guerino Zugno. Também estão previstas atividades externas, como uma visita à Prefeitura de Caxias do Sul e um passeio aos pontos turísticos do município.

A titular da Coordenadoria da Mulher, Janete Thomé, ressalta a importância de trabalhar o fortalecimento de vínculos junto a um curso profissionalizante. “A nossa proposta com projeto é construir junto com as mulheres do bairro Planalto momentos de fortalecimento emocional e orientações sobre trabalho profissional no serviço doméstico para que elas possam se colocar no mercado de trabalho com retorno financeiro imediato. Acreditamos que a construção de vínculos entre as mulheres e os profissionais que participam das rodas de conversas trazem um resultado positivo diante das diferentes dificuldades em que elas se encontram”, enfatizou Janete.

Érica Roseane da Silva Garcia tem 21 anos e é uma das participantes da 4ª edição. “Fomos nos conhecendo e percebemos que não estávamos sozinhas, que todas tinham suas dificuldades e estavam em busca de um objetivo ou sonho relacionado à busca de emprego e uma qualidade de vida melhor. Eu espero que com esse projeto todas consigam aproveitar ao máximo para sairmos qualificadas para buscar o que cada uma deseja”, resumiu Érica.

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios