Gastronomia

Hidromel: Mitos e Verdades sobre a bebida mais antiga do mundo

O Hidromel tem seu consumo aumentando bastante no Brasil. Considerada a bebida mais antiga do mundo, trata-se de um fermentado que tem como principais ingredientes água e mel.
O interesse sobre esse universo também trouxe muitos mitos e dúvidas. A hidromelaria Old Pony, que iniciou sua produção na cidade de Mogi-Guaçu, no interior de São Paulo, e é pioneira e referência absoluta no segmento no Brasil, vem legitimando esse cenário e fortalecendo a produção artesanal nacional desde 2013. A empresa elencou algumas curiosidades sobre a bebida:

1 – O termo “Lua de Mel” vem do hábito de se tomar hidromel. (Verdade) – Há registro de vários povos onde o pai da noiva oferecia ao casal logo depois do matrimônio, um lote de hidromel para ser consumido nos 30 dias (um ciclo lunar completo) imediatos ao casamento, quando os noivos comemoravam, só entre eles, a união matrimonial. Eles acreditavam que isso ajudaria na fertilidade do casal para a geração do primeiro filho.

Publicidade

2 – É uma bebida ligada a sabedoria. (Verdade) – Nos antigos contos de algumas mitologias é dito que durante a Idade de Ouro da Grécia Antiga e na Escandinávia e demais países nórdicos, o Hidromel era considerado a bebida preferida e capaz de trazer todas as respostas aos questionamentos realizados, ganhando também com isso a alcunha de Néctar dos Deuses.

3 – Todos os hidromeis são iguais. (Mito) – Apesar da tríade básica de mel, água e leveduras apenas esses 3 ingredientes podem gerar infinidade de possibilidades. No caso do mel o tipo de vegetação e da espécie de abelha, muda seu perfil de sabor. Assim, como na cerveja determinada levedura pode adicionar sabores e aromas, o mesmo acontece aqui. E por fim, a qualidade da água também é fator preponderante para a qualidade do produto final.

4 – O hidromel artesanal está em ascensão. (Verdade) – O hidromel é a categoria de bebidas que mais cresce nos Estados Unidos desde 2013, superando inclusive o crescimento das cervejas artesanais. Por lá, já existem mais de 500 hidromelarias legalizadas e outras 200 aguardam sua licença de operação. Aqui no Brasil, o mercado já dá indícios de interesse e de procura pela bebida o que tem movimentado e aumentado a busca pela profissionalização do setor.

Publicidade

5 – Qualquer mel é indicado para a produção da bebida. (Mito) – Qualquer mel se apropriado ao consumo humano. Existem méis alucinógenos e até mesmo venenosos. Sendo assim, é importante estudar um pouco antes de começar a preparar a sua bebida. Obviamente que os méis comuns encontrados no mercado são aptos ao consumo e a produção de bebidas. Mas toda a atenção é bem-vinda nesse ponto. Mel extraído da cana-de-açúcar não é mel, e assim sendo, não poderá ser chamado de hidromel caso utilizado na produção de bebidas.

6 – Hidromel é cachaça com mel. (Mito) – Assim como a cerveja é um fermentado de maltes, a sidra um fermentado de maçãs e o vinho um fermentado de uvas, o hidromel é um fermentado de mel e assim sendo, uma categoria própria de bebidas. Devido a sua versatilidade, o processo de produção pode se basear nas mesmas técnicas de produção do vinho ou da cerveja, resultando num produto final seco, suave, demi-sec, doce, espumante ou tranquilo.

7 – Consumir hidromel faz bem à saúde. (Verdade) – Existem alguns estudos em estágio inicial que mostram que bactérias encontradas naturalmente no mel podem combater algumas das mais resistentes infecções. Essas bactérias são fábricas vivas de medicamentos, expelindo um conjunto de compostos antimicrobianos que atacam e matam patógenos. Apesar de animador, ainda há muito o que ser pesquisado e verificado nesse tema. (www.oldpony.com.br/a-bebida-dos-guerreiros-combate-doencas/)

8 – Era uma bebida somente consumida nos países escandinavos. (Mito) – As primeiras evidências arqueológicas para a produção de hidromel datam do século 7 a.C. na China. Mas alguns especialistas acham que a humanidade já se inebria com mel desde muito tempo antes. Existem relatos de uma bebida similar na Mesopotâmia, Babilônia, Gregos, Romanos, Celtas, Hindus e até mesmo entre os Mais.

9 – O hidromel deve ser consumido em baixa temperatura. (Mito) – O hidromel como toda boa bebida deve ser apreciado com uma temperatura de serviço adequada ao seu estilo. Hidromeis tradicionais podem ser servidos a temperatura de 4° C a 14° C. Já em outros estilos que levam frutas, especiarias ou outros ingredientes, a baixa temperatura pode velar seus aromas e sabores, não revelando assim todo o seu potencial se fosse apreciado a uma temperatura mais adequada.

10 – A cultura geek trouxe evidência para a bebida. (Verdade) – Encabeçada principalmente pelos Millenials e por jogos de RPG tais como Dungeons and Dragons, Skyrim e The Witcher, da literatura fantástica e filmes como O Senhor dos Anéis, Beowulf e Harry Potter e de seriados como Vikings e, principalmente, de Game of Thrones, facilitou a divulgação e renovou o interesse pela bebida. Isso possibilitou que a bebida entrasse no dia a dia das pessoas, facilitando o seu acesso e saindo dos limites das feiras renascentistas.

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar