Caxias do SulDestaqueSerra Gaúcha

Oficina marcou conclusão das atividades da Casa 35 na Feira do Livro de Caxias do Sul

Uma das novidades desta edição, espaço foi dedicado a ações de diversas entidades e a homenagear a história das demais 34 edições

Uma oficina sobre a obra “O Pequeno Príncipe”, neste sábado (12/10), marcou a conclusão das atividades da Casa 35 da Feira do Livro. O espaço inédito serviu para a realização de 18 eventos de cunho literário, organizados por entidades da comunidade caxiense. O ambiente também sediou uma exposição, com cartazes de todas as edições da Feira.

A professora Emanuele Freitas, que conduziu a oficina deste sábado, destacou a importância do livro “O Pequeno Príncipe” no cenário mundial e as mensagens que ele transmite. “É interessante trazer novas abordagens para a obra e compartilhar com a comunidade, trocar ideias, sobre as mais variadas percepções a cada leitura”, salientou Emanuele.

Publicidade

A Casa 35 foi palco de saraus, palestras, oficinas, eventos comemorativos, mesas-redondas, entre outros. Além das atividades realizadas por entidades e da exposição de cartazes, o local também serviu de apoio à programação, sediando sessões de autógrafos e oficinas de contação de histórias.

Segundo a diretora do Departamento do Livro e da Leitura, Maria Cristina Tiburi Pisoni, a Casa 35 foi pensada justamente para ser aberta a instituições, entidades ou profissionais que tivessem interesse em promover atividades relacionadas a literatura, escrita ou leitura. “A Casa 35 foi um espaço aberto, disponível a quem quisesse promover algo que tivesse relação, que quisesse fazer parte da Feira do Livro”, destaca Maria Cristina.

Publicidade
Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar