Caxias do SulDestaqueSerra Gaúcha

Oficina marcou conclusão das atividades da Casa 35 na Feira do Livro de Caxias do Sul

Uma das novidades desta edição, espaço foi dedicado a ações de diversas entidades e a homenagear a história das demais 34 edições

Uma oficina sobre a obra “O Pequeno Príncipe”, neste sábado (12/10), marcou a conclusão das atividades da Casa 35 da Feira do Livro. O espaço inédito serviu para a realização de 18 eventos de cunho literário, organizados por entidades da comunidade caxiense. O ambiente também sediou uma exposição, com cartazes de todas as edições da Feira.

Publicidade

A professora Emanuele Freitas, que conduziu a oficina deste sábado, destacou a importância do livro “O Pequeno Príncipe” no cenário mundial e as mensagens que ele transmite. “É interessante trazer novas abordagens para a obra e compartilhar com a comunidade, trocar ideias, sobre as mais variadas percepções a cada leitura”, salientou Emanuele.

A Casa 35 foi palco de saraus, palestras, oficinas, eventos comemorativos, mesas-redondas, entre outros. Além das atividades realizadas por entidades e da exposição de cartazes, o local também serviu de apoio à programação, sediando sessões de autógrafos e oficinas de contação de histórias.

Segundo a diretora do Departamento do Livro e da Leitura, Maria Cristina Tiburi Pisoni, a Casa 35 foi pensada justamente para ser aberta a instituições, entidades ou profissionais que tivessem interesse em promover atividades relacionadas a literatura, escrita ou leitura. “A Casa 35 foi um espaço aberto, disponível a quem quisesse promover algo que tivesse relação, que quisesse fazer parte da Feira do Livro”, destaca Maria Cristina.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Seu navegador está bloqueando os anúncios deste site.

Todo o conteúdo deste portal é 100% gratuito. Os anúncios que exibimos é a forma de manter este veículo de informação independente e comprometido somente com você leitor.