DestaqueRS

Pelotas registra mais de 3,5 mil viagens pelo BikePel

Em uma semana de funcionamento em Pelotas, mais de 3,5 mil viagens foram realizadas pelo BikePel. Ainda entre o dia 7 de outubro, quando o compartilhamento de bicicletas começou em Pelotas, e a última segunda-feira (14), 11 casos de veículos danificados foram registrados pela empresa Serttel. Em apenas duas situações não houve retorno das bikes para uso: uma em decorrência de acidente de trânsito e outra em que a trava foi danificada por vandalismo.

O BikePel é fiscalizado pela Prefeitura, que também delimita as regras, e gerenciado pela Serttel, que investiu no sistema e pôs à disposição da população cem veículos, espalhados em 14 locais da cidade. O aluguel é feito por aplicativo de celular, disponível para Android e iOS, nas modalidades avulso e assinatura mensal, das 6h às 23h, de domingo a domingo.

Publicidade

Na primeira, o usuário cadastra um cartão de crédito no app e a cobrança de R$ 1,50 é efetuada a cada 15 minutos de viagem. Já no segundo, um valor de R$ 20,00 é cobrado por mês e dá direito a 30 minutos de deslocamento por dia; a cada 15 minutos excedidos deste tempo, R$ 1,00 a mais é descontado.

Após o término da sua viagem e entrega da bicicleta em uma das estações, o usuário deve esperar ao menos 15 minutos até poder pegar outro veículo para se deslocar. No BikePel só há multa, no valor de R$ 30,00, por entrega fora da estação. Entretanto, a Serttel alerta que, em casos em que se identifique que o usuário tenha agido de má fé, poderá haver cobrança referente ao problema encontrado.

 

Publicidade
Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar