Caxias do SulSerra Gaúcha

Coordenadoria da Mulher promove reunião com empresas em Caxias do Sul

Encontro teve como objetivo apresentar políticas públicas direcionadas ao segmento e expor projeto para inserção no mercado de trabalho

A Coordenadoria da Mulher, vinculada à Secretaria Municipal de Segurança Pública e Proteção Social (SMSPPS), realizou nesta terça-feira (22/10) um encontro colaborativo com empresas privadas do ramo alimentício e de serviços de limpeza. A reunião teve a intenção de propor e articular futuras parcerias para a ampliação do Programa Projetar, idealizado pela Coordenadoria no eixo da Autonomia e Igualdade no mundo do trabalho.

O Programa Projetar objetiva a articulação direta com a sociedade civil para promover a inclusão e a reinserção no mercado de trabalho ou em cursos de formação profissionalizante para mulheres em situação de violência doméstica e familiar. A expectativa é alcançar a independência financeira e psicológica da mulher, rompendo com o ciclo de violência e possibilitando a autonomia para gerir sua vida.

Publicidade

“É extremamente importante essa parceria entre setor privado e o setor público, pois acreditamos que se conseguirmos quebrar esse ciclo de dependência financeira em que a mulher se encontra, conseguiremos proporcionar um meio para o rompimento com o ciclo de dependência da mulher em relação ao seu agressor”, analisa a titular da Coordenadoria, Janete Thomé. “Sabe-se que muitas sofrem violência doméstica e familiar e acabam não denunciando o agressor pelo fato de dependerem economicamente dos companheiros, sem perspectivas e oportunidades de trabalho, tampouco de resgate da autoestima e coragem para saírem de uma vida marcada pela violência física, psicológica, moral, sexual e patrimonial”, conclui.
Na oportunidade também foram apresentados os serviços vinculados à política pública de atendimento e proteção à mulher, visando o enfrentamento da violência doméstica e familiar e o fluxo de encaminhamentos para os serviços da Rede de Proteção à Mulher. Celiz Frizzo, gerente de Recursos Humanos do Grupo Brinox, fomenta o importante papel das empresas na causa. “Somos membros atuantes da Rede de Proteção à Mulher e isto é motivador, pois nos instiga a seguir apostando em ações que sejam capazes de ressignificar o papel de cada uma. A reinserção de mulheres vítimas da violência no mercado de trabalho é uma dessas maneiras, pois as encoraja a iniciar ciclos positivos e fomenta o desejo de seguir crescendo e se desenvolvendo”, diz.

“Como empresas e empresários, temos um relevante papel na sociedade e precisamos levar esse tema para dentro das empresas. A informação é a primeira ponte para a transformação social e juntos, podemos fazer muito pelo fim da violência contra as mulheres”, reitera Celiz.

Coordenadoria da Mulher

O objetivo da unidade é propor, elaborar e articular a execução das políticas públicas voltadas para a mulher. São trabalhados cinco eixos: autonomia e igualdade no mundo do trabalho; combate à violência contra a mulher; saúde da mulher; educação inclusiva e não sexista; e valorização da mulher.

Publicidade
Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar