Caxias do SulDestaque

Daniel Guerra quer UPA Central 24H aberta até dezembro

Chefe do Executivo checou a reforma do local e acompanhou a entrega dos primeiros equipamentos

O prefeito Daniel Guerra esteve, neste domingo (03/11), nas instalações da futura Unidade de Pronto Atendimento Central 24 Horas (UPA Central 24H). Ele conferiu a reforma do local, a entrega de equipamentos e o andamento geral dos trabalhos para abertura do novo serviço.

Os procedimentos necessários para colocar a unidade em funcionamento estão na reta final. A obra física está concluída. Os primeiros equipamentos médico-hospitalares chegaram neste domingo (03/11). Entre o material entregue, há leitos, macas e poltronas. Os móveis sob medida também já estão sendo montados no local. Nos próximos dias, chegam os instrumentos médicos de menor porte e os móveis prontos.

Publicidade

O chefe do Executivo reafirmou a meta de colocar a unidade em funcionamento até 31 de dezembro.

“O ritmo de trabalho é intenso. Até o final do ano, entregaremos à população este presente. Será um serviço diferenciado, com infraestrutura renovada e setores de atendimento ampliados. Um investimento superior a R$ 5,5 milhões para garantir assistência plena e de qualidade, honrando o compromisso que assumimos com a comunidade”, disse.

Daniel Guerra ainda valorizou o esforço conjunto da administração para a abertura da nova UPA Central 24H. “O trabalho em equipe está sendo fundamental. Além do envolvimento direto da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), com o olhar técnico que um serviço de urgência emergência precisa ter, contamos com o apoio das secretarias do Planejamento (Seplan), no projeto e acompanhamento da obra; de Recursos Humanos e Logística (SMRHL), no encaminhamento de diversos processos licitatórios; de Gestão e Finanças (SMGF), que entendeu a importância deste investimento e de Obras e Serviços Públicos (SMOSP), que auxiliou em adequações do prédio e no transporte dos materiais”, destacou o prefeito.

Publicidade

O titular da Saúde, Júlio Freitas, acompanhou o prefeito.

“O que presenciamos é a materialização do projeto proposto pelo prefeito Daniel Guerra há cerca de um ano. Além das melhorias no espaço físico e do aumento da capacidade de atendimento, teremos, a partir do fim deste ano, uma equipe de profissionais capacitada para acolher a população e prestar um serviço de excelência”, afirmou.
A primeira-dama do município, Andréa Marchetto Guerra; o chefe de Gabinete, Chico Guerra; e o titular da SMOSP, Leandro Pavan, também participaram da visita. A diretora executiva da SMS, Andresa do Amaral; e o diretor da Rede de Urgência e Emergência, Fábio Baldisseroto, acompanharam o grupo.

Ampliação do número de leitos e de poltronas de observação, sala exclusiva para inalação, dois novos quartos de isolamento de curta duração, central de gases medicinais e acesso exclusivo para ambulâncias e macas são alguns dos diferenciais do novo serviço de urgência e emergência. Com essa reforma, será possível pleitear ao Ministério da Saúde a habilitação do local como Unidade de Pronto Atendimento Nível III (UPA III). Com isso, a prefeitura poderá receber até R$ 525 mil por mês dos governos federal e estadual, como ajuda de custeio. O antigo Postão era mantido exclusivamente com verbas oriundas da arrecadação municipal.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar