DestaqueEsportesPelotasSul RS

Garota de Pelotas é campeã brasileira nas Paralimpíadas

Dóris de Andrade, 12, e Fabrício Castelo, 16, atletas com perda total de visão, conquistaram medalhas de ouro, prata e bronze em São Paulo

Depois de quatro anos, Pelotas volta a ter uma campeã brasileira no Paratletismo. Dóris de Andrade, 12 anos, conquistou medalha de ouro na prova de 800 metros rasos, categoria sub-14, nas Paralimpíadas Escolares de 2019, em São Paulo. A menina também ganhou medalhas de prata, na prova de 60 metros, e de bronze, na de 150 metros. Andriel Krüger, 12 anos, e Fabrício Christ, 16, também representaram o Estado e a Escola Louis Braille na competição nacional, que é uma das maiores do mundo voltadas a crianças com deficiência em idade escolar.

Professor Huibner acompanhou os atletas Andriel, Dóris e Fabrício, respectivamente – Fotos: Divulgação

Fabrício conquistou medalhas de bronze no lançamento de dardo e na prova de 400 metros rasos. Os três atletas foram acompanhados pelo professor Huibner Machado – que também é docente do Município e integrante da equipe técnica da Seleção Gaúcha de Atletismo Paralímpica.

As Paralimpíadas, que começaram na segunda-feira (18) e terminam neste sábado (23), têm a finalidade de estimular a participação dos estudantes com deficiência física, visual e intelectual em atividades esportivas de todas as escolas do território nacional. Sua primeira edição foi em 2009.

Talentos do paradesporto brasileiro já passaram pelo evento, como o velocista Alan Fonteles, ouro nos Jogos Paralímpicos 2012, em Londres.

Posts relacionados

Botão Voltar ao topo