Publicidade
DestaqueRegião MetropolitanaVale do Sinos

Agricultura familiar de Canoas produz 240 toneladas de alimentos ao mês

Apesar da vocação fortemente industrial de Canoas, que tem estampada em seu brasão uma roda de engrenagem e uma fábrica, o município mantém sua relação com a agricultura. Atualmente existem 70 famílias dedicadas à agricultura familiar atuando nos bairros Mato Grande, Fátima e Estância Velha, que, juntas, são responsáveis pela produção de cerca de 240 toneladas ao mês.

Além de atender a subsistência das famílias, os produtos agrícolas são comercializados nos mercados locais, na Ceasa e também abastecem o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), em Canoas, e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), em municípios da Região Metropolitana.

Os agricultores de Canoas contam com o apoio da assistência técnica e extensão rural do escritório municipal da Emater através de convênio firmado com a Prefeitura Municipal. “O escritório da Emater em Canoas presta assistência técnica gratuita aos agricultores. Além disso, realiza capacitações, oficinas e palestras sobre diversos temas, entre os quais podemos destacar técnicas de cultivo, plantas medicinais, aproveitamento integral de alimentos, entre outros”, aponta a engenheira agrônoma da Emater, Aline Janke Porto.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Airton Souza, ressalta que a agricultura continua sendo fundamental ao município. “Nos mantemos voltados às necessidades dos produtores rurais do município para garantir o desenvolvimento sustentável em equilíbrio à preservação ambiental. Nossa equipe está sempre atenta para fortalecer a agricultura e buscar soluções para intensificar a atividade em Canoas”, destaca o secretário.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar