DestaqueNovo Hamburgo

Fátima Daudt cria Grupo de Gestão ao Coronavírus em NH

A prefeita Fátima Daudt criou nesta sexta-feira, dia 13, um Gabinete de Gestão ao Coronavírus (apesar do Município ainda não ter casos confirmados), composto por secretários municipais, para estabelecer diretrizes e ações de prevenção e combate ao Covid-19, envolvendo tanto a cidade quanto o público interno da Prefeitura. A primeira deliberação, após a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarar pandemia, foi para que a Prefeitura não autorize mais a realização de eventos em espaços públicos da cidade que impliquem na aglomeração de pessoas. “Esta instrução valerá até que o decreto que está sendo elaborado pelo Jurídico, com base nos protocolos mundiais, esteja concluído, o que deve ocorrer em breve”, destacou Fátima, completando que a composição do grupo pode ser ampliada a qualquer momento.

Ainda seguindo esta orientação, as Secretarias Municipais de Educação (Smed) e de Esporte e Lazer (Smel) cancelaram a abertura das Olimpíadas e Paralimpíadas Escolares marcada para a próxima terça-feira, 17, no Ginásio Agostinho Cavasotto.

Por enquanto, não há alteração no calendário escolar da rede municipal e as escolas estão recebendo recomendações conforme o protocolo, incluindo desativar os bebedouros, adotando o uso individual de garrafinhas, manter arejadas as salas de aula, dormitórios e demais espaços da escola e, caso alguma criança ou estudante apresente sintomas compatíveis com infecção por coronavírus, chamar imediatamente os responsáveis para que o leve a uma unidade de saúde.

Desde o surgimento das primeiras notícias sobre a proliferação do coronavírus pelo mundo, Novo Hamburgo vem tomando uma série de medidas. O Município foi a primeira cidade do Estado a realizar treinamentos dos profissionais da saúde sobre o vírus, e a UPA Centro foi preparada para ser referência no atendimento de casos específicos na cidade (o Estado definiu o Hospital Municipal como referência regional, o que ainda está sendo avaliado).

Além disso, bares, restaurantes e hotéis receberam a visita de técnicos para orientações sobre higienização e disponibilidade de pontos de álcool gel. “Estamos tratando este assunto com a seriedade que merece. Os próximos meses serão críticos, pois a tendência é o vírus avançar pelo Estado e em algum momento teremos casos em Novo Hamburgo. Mas com medidas firmes e a ajuda de toda a população, vamos reduzir os impactos e transtornos no Município”, concluiu a prefeita.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar