Caxias do SulDestaque

Caxias: Restaurante Popular servirá marmitas a R$ 1,00

O espaço funcionará como restaurante até sexta-feira (20/03), depois somente marmitas

A Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Smapa)/ Diretoria de Segurança Alimentar e Nutricional, informa que, por medida de prevenção ao coronavírus, o Restaurante Popular funcionará até sexta-feira (20/03). A partir de segunda (23/03), serão oferecidas no local marmitas a R$ 1,00, em horário estendido entre 11h e 14h, sendo somente uma por pessoa. A decisão foi tomada no sentido de evitar aglomerações no local, que tem espaço limitado e recebe muitas pessoas idosas ou com saúde fragilizada.

Diariamente são servidas cerca de 800 refeições. “São aproximadamente 200 pessoas se alimentando ao mesmo tempo, alternando por, pelo menos, quatro vezes para atingir a quantidade disponibilizada”, explica a diretora de Segurança Alimentar e Nutricional da Smapa, Cristina Fabian Gregoletto. Ela lembra que o local não possui ventilação adequada e que os lugares para sentar são muito próximos uns dos outros, o que aumenta o risco de contágio.

A diretora acrescenta que a equipe reduzida e a logística de distribuição das refeições dificulta a higienização de mesas e cadeiras entre a troca de pessoas para o almoço. “O Restaurante Popular atende pessoas em situação de vulnerabilidade social, e muitos moradores de rua. Estamos colocando a saúde em primeiro lugar”, diz.

A equipe da Diretoria pede que as pessoas não cheguem cedo, para evitar aglomerações. Conforme o último levantamento dos usuários do Restaurante Popular, em 2018, 47% são pessoas com mais de 60 anos. Há também usuários HIV positivos e doentes crônicos. “Além disso recebemos diariamente vendedores ambulantes de outros municípios e estados”, lembra.

Confira mais informações sobre o funcionamento de unidades da Diretoria de Segurança Alimentar e Nutricional da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Smapa):

Cozinhas Comunitárias: inicialmente o programa será mantido conforme seu funcionamento atual, com produção dos alimentos nas cozinhas e distribuição em viandas somente para famílias cadastradas. As atividades em grupo serão canceladas, bem como o recadastramento e atendimento de novos usuários. Já estão sendo tomadas medidas de reforço na higienização, tanto dos funcionários quanto dos utensílios (uso de luva no manuseio das viandas e máscara para o funcionário que faz a entrega para população).

Cozinha Comunitária Mariani: 120 refeições diárias

Núcleo de Capacitação Canyon: 230 refeições dia.

Banco de Alimentos: serão mantidas as atividades de coleta e distribuição rotineiras, com aumento e reforço da higienização dos funcionários e utensílios. Muitas instituições suspenderão seus atendimentos nos mesmos períodos das escolas (prevista a suspensão de funcionamento de cerca de 80% das instituições). Está suspensa também a participação e coleta de doações em eventos, assim como visitas técnicas e reuniões com instituições. O cancelamento do Sábado Solidário (segundo sábado de abril) será avaliado nos próximos dias.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar