DestaqueNovo Hamburgo

Novo Hamburgo suspende realização de feiras

Feiras do produtor rural estão suspensas a partir de segunda-feira, 23/03

Com a entrada em vigor do decreto de estado de calamidade pública nesta segunda-feira, dia 23, a Prefeitura de Novo Hamburgo informa que as feiras do produtor rural promovidas em diversos bairros do município pela Diretoria de Fomento ao Desenvolvimento Rural, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), estão temporariamente suspensas, assim como as atividades do Espaço da Lomba, junto à Estação Rodoviária.

Novo Hamburgo já trabalha com a certeza da presença do vírus na cidade

Mesmo não havendo casos confirmados de coronavírus na cidade, a Prefeitura de Novo Hamburgo já trabalha com a certeza presumida de que o vírus está circulando no município. A prefeita Fátima Daudt reitera a importância do isolamento social. “Veículos da Guarda Municipal, da fiscalização e da Defesa Civil estão circulando nos bairros pedindo para as pessoas ficarem em casa”, destaca Fátima. O Centro de Triagem e Referência, instalado em anexo ao Hospital Municipal, entrou em operação na noite da última sexta-feira, e é destinado ao atendimento exclusivo de hamburguenses. Quem não for de Novo Hamburgo deve procurar unidades de saúde em sua cidade.

Desde sexta-feira, o Centro já atendeu cerca de 50 pessoas. Ele recebe pacientes encaminhados pelas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), Unidades de Saúde da Família (USF) ou Unidades de Pronto Atendimento (UPA) diante de sintomas que possam indicar a doença. A proposta é justamente evitar que a pessoa com sintomas fique nas UBSs e UPAs (ou mesmo no hospital) podendo transmitir o vírus para outras pessoas.

No Centro de Triagem, o paciente recebe o encaminhamento conforme condição. “Se houver a constatação da infecção pelo novo coronavírus, temos dois caminhos. Se ele tiver possibilidade de isolamento domiciliar vai imediatamente para casa. No caso da necessidade de internação, é atendido em uma ala específica para seu manejamento”, completa o diretor da Fundação de Saúde de Novo Hamburgo, Ráfaga Fontoura.

“A indicação é a pessoa procurar as UBSs e USFs somente se apresentar sintomas de febre alta, tosse e dificuldade em respirar. Caso contrário, o melhor é ficar em casa, pois se procurar os postos de saúde sem estes sintomas pode acabar contraindo o vírus”, acrescenta a prefeita.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar