DestaqueRegião Metropolitana

Canoas intensifica combate à violência contra a mulher durante quarentena

Campanha Peça Ajuda busca informar as mulheres como procurar auxílio durante a pandemia; município não registra aumento dos casos

O Governo Federal anunciou nesta semana que as denúncias de violência contra a mulher aumentaram 9% durante pandemia do novo coronavírus no Brasil. Em Canoas, não há registro de crescimento nos números de casos. Entretanto, a Prefeitura, por meio da Diretoria das Políticas para as Mulheres, vem reforçando o combate à violência doméstica, com o lançamento da campanha Peça Ajuda.

Publicidade

O objetivo da campanha é mostrar às mulheres que elas não estão desamparadas neste período de pandemia. “Assim como aconteceu na Europa e no próprio Brasil, temos a preocupação de que haja um aumento da violência doméstica durante o isolamento social. Por isso, estamos reforçando a divulgação de nossos canais de contato e lembrando que a rede de enfrentamento à violência de Canoas continua trabalhando e amparando as mulheres”, destaca a diretora das Políticas para as Mulheres, Fabiane Xavier.

Fabiene ainda lembra que, neste período, é importante que predomine a solidariedade entre as pessoas. “Pedimos para que vizinhos, amigos e familiares também realizem as denúncias de casos de violência doméstica, todos precisam se ajudar nesse momento tão peculiar pelo qual estamos passando”, completa.

De acordo com a coordenadora técnica do Centro de Referência à Mulher em Situação de Violência Patrícia Esber, Thaís Pereira Siqueira, o atendimento do CRM continua por telefone. “Temos duas psicólogas e duas assistentes sociais que estão realizando atendimento telefônico. Estamos monitorando os casos que já estão em andamento e acolhendo mulheres que nos procuram pela primeira vez”, afirma.

Telefones para denúncias

  • Diretoria de Política para as Mulheres: (51) 99275-8146 ou 3236-1073 (atendimento 24 horas)
  • Centro de Referência da Mulher (CRM): (51) 98300-1505 ou 3464-0706 (atendimento das 9h às 18 horas)
  • Sala Lilás do Hospital Universitário: (51) 3425-9015
  • Disque denúncia: 180 ou 100
  • Brigada Militar: 190

Onde procurar ajuda

Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM)

  • Endereço: rua Humaitá, 1120, bairro Marechal Rondon
  • Telefone: (51) 3462-6700
  • Atendimento: 8h30 às 18 horas

Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA)

  • Endereço: rua Dr. Sezefredo Azambuja Vieira, 2730, bairro Marechal Rondon
  • Telefone: (51) 3425-9015
  • Atendimento 24 horas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Seu navegador está bloqueando os anúncios deste site.

Todo o conteúdo deste portal é 100% gratuito. Os anúncios que exibimos é a forma de manter este veículo de informação independente e comprometido somente com você leitor.