São Leopoldo

São Leopoldo: prefeitura e entidades querem ampliar testagem para o novo coronavírus

Nesta terça-feira (14) à tarde, representantes de entidades estiveram reunidos na prefeitura de São Leopoldo para estabelecer um protocolo de testagem entre os funcionários das empresas, como forma de ampliar o controle da pandemia e possibilitar a retomada do funcionamento de todos os setores da economia leopoldense.

Publicidade

Na reunião que contou com a presença do presidente da Sindilojas, Walter Seewald, da CDL, Olinto Menegon e do representante da ACIST, Felipe Feldmann, ficou definido que o decreto que será assinado hoje pelo prefeito Ary Vanazzi, presente na reunião, deverá conter as mesmas restrições do protocolo da bandeira vermelha do Governo do Estado, e que a gestão municipal e as entidades deverão seguir construindo coletivamente esse processo de ampliação da testagem, seja por amostragem ou em método a ser definido e aplicado pelas empresas em seus colaboradores.

Para o representante da ACIST Felipe Feldmann o diálogo e a construção com a gestão municipal tem sido muito importante. “É fundamental esse processo, muito válido, até porque nós como representantes do setor econômico estamos sofrendo muita pressão dos nossos associados pela perda econômica e essa viabilidade de trazer a demanda e discutirmos alguma possibilidade de retomada dos trabalhos é muito importante. Queremos que o prejuízo para a cidade de um modo geral seja o menor possível. Hoje temos um grande avanço equalizando as medidas de restrição conforme as regras do Estado sem maiores exigências e isso dá condições de ir aos poucos retomando a economia.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Seu navegador está bloqueando os anúncios deste site.

Todo o conteúdo deste portal é 100% gratuito. Os anúncios que exibimos é a forma de manter este veículo de informação independente e comprometido somente com você leitor.