Publicidade
Caxias do SulSerra Gaúcha

Ponto de Safra da Rua Treze de Maio terá alteração no trânsito

Medida vigora a partir desta sexta-feira (17.07), com objetivo de evitar aglomeração nas bancas e na calçada

A Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Secretaria Municipal da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SMAPA), informa que o Ponto de Safra da Rua Treze de Maio terá alteração no trânsito a partir desta sexta-feira (17.07). As bancas passam a ocupar o estacionamento do lado esquerdo da via, enquanto os veículos dos feirantes ficarão estacionados sobre a pista da esquerda. Ficam livres duas pistas para o trânsito de veículos e mais a calçada, permitindo maior espaço para a circulação de pedestres.

O objetivo da coordenação das feiras é evitar aglomeração e dar mais comodidade para feirantes, consumidores e moradores do local. O Ponto de Safra da Treze de Maio vai das 6h às 16h, entre a rua Sinimbu e a Av. Júlio de Castilhos. As alterações foram planejadas e executadas em parceria com a Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMTTM).

Publicidade

PREVENÇÃO – Desde o início da quarentena, uma série de medidas vêm sendo tomadas para prevenir a transmissão do coronavírus nas feiras do Município. Além de cordões de isolamento, há marcações para o distanciamento social, cartazes com orientações e álcool gel. “Em parceria com a Associação dos Feirantes foram adquiridos um termômetro infravermelho para aferição de temperatura corporal e dois dispensers com pedal para álcool gel”, lembra o titular da SMAPA, Valmir Susin. Ele acrescenta que o uso de máscaras é obrigatório nas feiras e pontos de safra.

Em março, as feiras foram suspensas durante uma semana para adequações na prevenção ao coronavírus. Feirantes que integram o grupo de risco foram orientados a ficar em casa. “As feiras oferecem alimentos em um ambiente ao ar livre. O funcionamento é muito importante devido à oferta de produtos saudáveis para a população, além de garantir a normalidade no abastecimento”, afirma a diretora técnica da SMAPA, engenheira agrônoma Neiva Rech.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo