Publicidade
PelotasSaúde

Pelotas promove drive-thru e vacina idosos acima de 83 anos

Ação foi acompanhada pela prefeita Paula Mascarenhas; no domingo (28), é a vez dos idosos a partir de 80 anos

Neste sábado (27), ocorreu nova edição do drive-thru da vacinação contra a Covid-19, em Pelotas. O público-alvo, desta vez, foram os idosos com 83 anos ou mais. Durante oito horas de trabalho ininterrupto, 988 vacinas foram aplicadas, disponibilizadas pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

A prefeita Paula Mascarenhas acompanhou a iniciativa. Durante as rápidas conversas pelas janelas dos carros, ela orientou e pediu para que eles sigam se cuidando. A prefeita também expressou sua gratidão às equipes das secretarias de Saúde, de Trânsito (STT) – que viabilizaram a agilidade e segurança de acesso ao IFSul – e de Segurança Pública (SSP).

Publicidade

Ela também agradeceu aos cerca de 70 voluntários, profissionais da SMS e alunos das universidades e escolas técnicas de Enfermagem que aplicaram as vacinas, bem como aos integrantes da Defesa Civil, Guarda Municipal, Brigada Militar e 9º Batalhão de Infantaria Motorizada.

Paula comemorou o fato de o processo de vacinação na cidade estar dando certo. “Eu acredito tanto em Pelotas, juntos nós vamos superar essa crise do coronavírus”, declarou. Ela também lembrou que, no domingo (28), começa a aplicação das doses em pessoas acima de 80 anos.

Quem se vacinou

A primeira pessoa a se vacinar neste sábado foi a Ana Hernandes Couto, de 83 anos. A ansiedade para receber a primeira dose do imunizante era tanta que, durante a madrugada, ela já estava se deslocando para o local. “Eu não via a hora”, contou. Após a segunda dose, a primeira coisa que a dona Ana vai fazer é ver a família, principalmente as netas e bisnetas. “A saudade é muita”, justificou.

Miriam Bento, filha de Brunhilda, de 83 anos, elogiou o esquema montado para a execução do drive-thru. “Tudo foi organizado super bem e aqui dentro todo mundo é muito gentil”, salientou. Miriam estava levando sua mãe e a amiga dela, Leida Brahm, 83, para a vacinação. Emocionada, ela lembrou de todas as vítimas da Covid-19 que não tiveram a mesma chance. Brunhilda, por sua vez, afirmou que vai continuar se cuidando. “Eu estou feliz da vida”, celebrou.

Drive-thru continua neste domingo

No domingo, idosos a partir dos 80 anos poderão se vacinar no estacionamento do prédio da reitoria do IFSul, no mesmo esquema de drive-thru, das 9h às 17h. O endereço é rua Gonçalves Chaves, 3.218, próximo ao Colégio Assis Brasil. A SMS reforça o pedido para que as pessoas respeitem as faixas etárias estabelecidas.

Os beneficiados deverão apresentar os seguintes documentos:

  • documento de identidade (RG ou CPF);
  • comprovante de residência; e
  • cartão do SUS, preferencialmente.

É importante ressaltar que o idoso não deverá comparecer para se vacinar caso apresente, nas últimas quatro semanas, sintomas gripais ou outras doenças agudas febris moderadas.

Vacinação nas escolas na próxima semana

A partir de segunda-feira (1º), a imunização de idosos de 80 a 83 anos ou mais será feita em sete escolas da rede municipal. Serão cem doses (fichas por dia) até quinta-feira (4), e na sexta (5), a SMS vai disponibilizar as doses restantes.

As escolas são:

  • EMEF Ministro Fernando Osório – avenida Fernando Osório, 1.522 (Três Vendas);
  • EMEF Núcleo Habitacional Dunas – rua Três, 470 (Areal);
  • EMEF Francisco Caruccio – avenida Leopoldo Brod, 3.220 (Três Vendas);
  • EMEF Afonso Vizeu – rua Francisco Moreira, 285 (Areal);
  • Colégio Municipal Pelotense – rua Marcílio Dias, 1.597 (Centro);
  • EMEF Alcides Mendonça – rua Padre Diogo Feijó, 213 (Fragata); e
  • EMEF Francisco Barreto – rua Triunfo, 2.257 (Laranjal).

Pelotas já vacinou mais de 19,9 mil pessoas

De acordo com dados enviados ao Departamento de Informática do SUS (Formsus) neste sábado, 19.982 pessoas já foram vacinadas em Pelotas. Dessas, 13.116 são profissionais da saúde, enquanto que 4.9430 são idosos com idade acima de 80 anos, 985 são moradores de Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs), 23 são indígenas e 50 são deficientes.

Em relação à 2º dose, já foram 878 aplicações em profissionais da saúde, idosos de ILPIs, indígenas e deficientes.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo