Publicidade
São LeopoldoVale do Sinos

CoronaVac: São Leopoldo aplica segunda dose em vacinados até 31 de março

Vacinação acontece no Pedrinho conforme retirada de senhas

Nesta terça-feira (11), a Secretaria da Saúde de São Leopoldo vai aplicar 1100 doses da vacina Butantan/Coronavac em pessoas que foram vacinadas até o dia 31 de março com a primeira dose. O atendimento será das 9h às 16 horas no Instituto Estadual Professor Pedro Schneider, o Pedrinho, com entrada pela rua São Caetano, no Centro.

Por conta das poucas doses enviadas pelo Ministério da Saúde, a medida tem como objetivo priorizar as pessoas que estão com maior atraso em relação ao intervalo da primeira dose. A Vigilância em Saúde estima que 5 mil leopoldenses estejam com a complementação atrasada. Para organizar a demanda, a Semsad distribuirá senhas.

“Fizemos um recorte pois sabemos que não haveria dose para todos. Essa foi a maneira que encontramos para contemplar quem está mais atrasado”, explicou a coordenadora de Imunizações Karen Carvalho.

São Leopoldo recebeu na tarde de hoje (10), 1360 doses. No entanto, o frasco da CoronaVac/Butantan não tem correspondido ao número de doses esperado, ocorrendo uma quebra para menos. Por conta disso, o número de fichas foi reduzido para 1.100 para que haja garantia de distribuição.

Ampliação da faixa etária para 43 anos com comorbidades

Na terça-feira (11) a Prefeitura ampliará a faixa da vacinação de primeira dose contra a covid-19 para pessoas a partir de 43 anos de idade com as seguintes comorbidades: diabetes, hipertensão arterial, cardiopatias, hepatopatias, pneumopatias, imunossupressão, acidente vascular cerebral, obesidade mórbida e doenças reumáticas. A comprovação ocorrerá através de atestado médico, laudo, exame ou receita médica de medicamentos controlados das respectivas doenças prévias. Serão disponibilizadas vacinas do laboratório AstraZeneca/Fiocruz.

A imunização segue para nascidos até 1961 e para pessoas com deficiência permanente a partir de 40 anos. Elas podem comprovar fisicamente, por meio de laudos médicos ou mediante apresentação do Benefício Assistencial à Pessoa com Deficiência (BPC). Também continuam contempladas pessoas com síndrome de down maiores de 18 anos, pessoas com deficiência a partir de 40 anos de idade, gestantes e puérperas (que deram à luz nos últimos 45 dias).

O atendimento ocorrerá em dois pontos: No drive trhu do Largo Rui Porto (na avenida dom João Becker) e na antiga sede da Unisinos, com entrada na praça Tiradentes, para quem for a pé. O expediente será das 9h às 16 horas. Na antiga Unisinos também é feita a segunda dose da AstraZeneca para profissionais de saúde.

Unidade Móvel de Vacinação também terá vacina contra a covid

A Unidade Móvel de Vacinação, acompanhando a Unidade Móvel de Saúde (ônibus da Saúde) também estará na campanha de vacinação contra a covid, vacinando todos os grupos contemplados na imunização, conforme cronograma a Unidade Móvel de Vacinação estará nesta segunda nos seguintes horários e locais.

Dia 11/05 – terça-feira

  • Manhã (8h30 às 11h30) – Morro do Paula

R. Estrada João Mello, n° 4775

  • Tarde (13h30 às 16h30) – Aldeia

R. Estrada do Quilombo, Espaço Saúde

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo