Publicidade
São Leopoldo

São Leopoldo realiza aplicação de segunda dose da Coronava/Butantan

A Secretaria Municipal de Saúde de São Leopoldo (Smsad) mobilizou, nesta quinta-feira (20), os pontos de vacinação da cidade exclusivamente para a aplicação de segunda dose da Coronavac/Butantan, com o intuito de acelerar a vacinação para aquelas pessoas que receberam a primeira dose até o dia 5 de abril. O que só foi possível devido à chegada de 4680 doses da vacina.

Sendo assim, Orides Alves Cardoso, de 64 anos, pôde receber sua segunda dose, porém, precisou garantir seu lugar na fila horas antes dos portões da Antiga Sede da Unisinos abrirem. “Estou aqui desde as sete horas esperando, temos que fazer essa vacina agora, pois corremos o risco de não chegar tão cedo depois. Fiquei sabendo que iria ter através dos anúncios da Prefeitura, pela internet, e é algo muito importante, ficarmos protegidos. Tem muitos que reclamam que está difícil mesmo com a vacina aí, mas seria muito pior sem ela”, afirmou o frentista, morador do bairro Campina.

Fotos: Alice Mesquita /Scom/PMSL

Maria Helena, de 68 anos, moradora do bairro Feitoria, estava esperando na fila do drive thru desde às 5h30 da manhã para realizar a vacina. “Eu estava ansiosa, apreensiva, em dúvida se teria o suficiente, estamos na fila desde cedo, mas agora garantimos uma segurança a mais” afirmou depois de receber a segunda dose.

Centro de Eventos registra grande procura pela segunda dose da CoronaVac/Butantan

A tão aguardada segunda dose da vacina CoronaVac/Burantan mobilizou milhares de pessoas em São Leopoldo. Por isso, a Prefeitura montou três pontos exclusivos para atender a população que dependia da dose complementar, estimada em 5.200 pessoas. O Centro de Eventos, na avenida São Borja se somou no sistema drive-thru.

Morador do bairro Cohab Duque, Luiz Paulo da Rosa, 66 anos, optou pelo ponto descentralizado. Não se incomodou com a fila que dobrava a avenida das Indústrias. A importância de complementar a dose e retomar a vida falou mais alto. “Uma alegria. Quero voltar a jogar bola”, revelou enquanto a enfermeira aplicava a dose. Luiz Paulo é zagueiro do Botafogo, clube amador da sua região.

O atendimento ocorre das 9h às 16h, sem fechar ao meio-dia.

 

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo