Pelotas

Prefeita Paula apresenta Pacto Pelotas pela Paz em evento nacional

A fim de compartilhar os bons resultados obtidos através do Pacto Pelotas pela Paz, a prefeita Paula Mascarenhas participou, nesta terça-feira (1), do “Webinário – Boas Práticas na Segurança Pública Municipal”. O evento virtual é promovido pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), e reúne profissionais da área e representantes de seis cidades.

No encontro, Paula apresentou o plano municipal de segurança pública de Pelotas, motivo pelo qual a gestora foi convidada a participar, em função dos resultados obtidos pela iniciativa, que reduziu índices de criminalidade no município. Além da prefeita de Pelotas, também participaram do encontro os representantes das cidades de Canoas, Lajeado, Atibaia, Niterói e Indaiatuba.
O evento se estende até esta quarta-feira (2) e é fechado para os profissionais da Senasp.
O que é o Pacto

Durante sua apresentação, a gestora expôs o mapa de projetos que integram o Pacto Pelotas pela Paz, sendo 18 de Prevenção Social, dois de Tecnologia, três de Fiscalização Administrativa, dois de Urbanismo e três de Policiamento e Justiça.

“Faço questão de sublinhar a importância da participação dos municípios no tema da segurança pública para que o Brasil possa vencer a violência”, comentou a chefe do Executivo pelotense.

O funcionamento do Observatório de Segurança Pública também foi explicado por Paula. Pelos eixos de Prevenção e Policiamento e Justiça estão, respectivamente, o Comitê Integrado de Prevenção (CIP) e o Gabinete de Gestão Integrada (GGI-M), que se reúnem mensalmente. Já a participação popular é contemplada pelo Fórum de Segurança Pública.

Imagens de programas, como o Quem Luta Não Briga (QLNB), Criando Crianças em Ambientes Seguros – ACT, Mão de Obra Prisional (MOP), Start, Banco de Oportunidades e o ArtConP foram mostradas, a fim de ilustrar o que foi citado no mapa de projetos.
O Pacto em números

O Pacto Pelotas Pela Paz foi criado em 2017 e, desde então, tem influenciado diretamente na redução dos índices de criminalidade no município. De acordo com os dados apresentados pela prefeita durante sua apresentação, em um comparativo mensal feito sobre os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), entre fevereiro de 2018 e dezembro de 2020, a diminuição foi de 89%.

Outro ponto destacado por Paula foi o roubo a pedestre, considerado um Crime Violento Patrimonial, que diminuiu 68,4% quando comparado 2020 a 2017; já entre 2020 e 2021, o número foi de 51,7%. Além disso, em agosto de 2017, foram registrados 346 roubos a pedestre. Já em dezembro de 2020, foram 51, uma queda considerável.

Já por meio das ações de repressão focada, na comparação feitas entre junho de 2015 a abril de 2018 e maio de 2018 a março de 2021, houve uma diminuição de 49,8% de crimes contra a vida. Foram preservadas, então, 160 vidas a partir do projeto desenvolvido pela prefeita Paula Mascarenhas.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo