Publicidade
Canoas

Restaurante Popular de Canoas chega a 5 mil refeições servidas

População de rua, ou cadastrados nos CRAS podem almoçar no espaço que foi reaberto após 2 anos fechado.

Um local de acolhimento que esteve fechado por dois anos em Canoas, gerando custos para os cofres públicos da cidade, foi reaberto em abril deste ano. Com o valor gasto no período em que as portas ficaram fechadas poderiam ter sido servidas 200 mil refeições. Atualmente, o espaço oferece 200 almoços por dia ao preço de R$ 1 para pessoas de baixa renda e de graça para moradores de rua. Até o momento, foram servidas 5.268 refeições.

Para o morador de rua, Evandro Rosa, de 41 anos, o espaço é fundamental em sua vida pois é ali onde ele faz a sua única refeição do dia. “Eu almoçava aqui antes. Quando fechou eu fiquei muito triste, pois era aqui que eu almoçava todo dia, por esse motivo fiquei muito feliz quando descobri que havia voltado a funcionar”, explicou Evandro. O morador de rua também revelou que no local ele é tratado com respeito e dignidade. “Essa refeição representa muito mais que matar a fome. Aqui me tratam como gente”, afirmou.

O prefeito Jairo Jorge comemorou o número alcançado e garantiu que o espaço cumpre com o seu objetivo. “Reabrimos o Restaurante Popular para dar mais dignidade às famílias carentes e garantir uma alimentação saudável e de qualidade para quem mais precisa. Cuidar das pessoas é o nosso compromisso diário e permanente. Oferecemos uma comida saborosa e nutritiva por apenas um real”, comemorou o chefe do Executivo canoense.

Para o secretário da Cidadania, Paulo Bogado, ver o olhar de gratidão nas pessoas que frequentam o local representa o sentimento de dever cumprido. “Essas 5 mil refeições representam o valor intangível do Restaurante Popular. A reabertura deste espaço, após dois anos fechado, foi fundamental para ajudar as pessoas que aqui almoçam”, revelou o titular da pasta.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo