Rio Grande do Sul

Força-Tarefa recolhe 1,06 tonelada de alimentos impróprios em Jaguari

Nesta quinta-feira (1), quatro estabelecimentos no município de Jaguari foram fiscalizados por agentes da Força-Tarefa do Programa Segurança Alimentar. Ao todo, 1,06 tonelada de alimentos impróprios para o consumo foi apreendida e inutilizada durante a ação e os comércios foram autuados. Dois locais tiveram seus depósitos interditados, além de uma máquina fatiadora, também interditada.

Os principais problemas encontrados nos locais vistoriados, conforme o coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) – Segurança Alimentar, Alcindo Luz Bastos da Silva Filho, foram produtos com prazos de validade vencidos ou sem prazos de validade, sem procedência, falta de conservação em temperatura adequada, higienização precária e produtos congelados mais de uma vez.

A fiscalização em Jaguari aconteceu por solicitação do promotor de Justiça local, Matheus Generali Cargnin, e contou com a participação de servidores do Gaeco – Segurança Alimentar e representantes da Vigilância Sanitária Municipal, das Secretarias de Estado de Agricultura e de Saúde, da Delegacia de Polícia de Proteção ao Consumidor e da Patrulha Ambiental da Brigada Militar.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo