São Leopoldo

São Leopoldo registra no sábado grande procura pela vacina contra a covid-19

A movimentação no Ginásio Municipal Celso Morbach era percebida no lado de fora, na avenida Dom João Becker, com o vai e vem de pessoas em busca da imunização contra o novo coronavírus. No entanto, a fila fluiu com rapidez e organização. Quatro pontos de aplicação foram montados na parte interna do local. A comerciante Eliane de Moraes, 48 anos, não pode se vacinar antes por estar gripada. Com o celular em mãos, fez questão de registrar o aguardado momento. “É um recomeço, um alívio”, resumiu.

Moradora do Jardim América, Carla Gonçalves optou pelo drive-thru do Centro de Eventos, na avenida São Borja. Na direção estava o marido Luciano Garcia, já imunizado. Ambos trabalham com a venda de trufas e o sábado foi o dia ideal para tomar a primeira dose. “Não temos tempo durante a semana em função das vendas e entregas. Aqui tudo transcorreu bem. Vacina é o início de uma nova fase”, destacou.

No mesmo local, Ailton Trens trouxe a esposa Júlia Livinia com a pequena Alice, de 2 meses, nos braços. A lactante estava especialmente emocionada com a possibilidade de transmitir anticorpos. “Estou muito feliz, um dia muito aguardado por mim e por ela certamente”, salientou.

A vacinação ocorreu das 8h ao meio-dia. O lado negativo foi a baixa procura pela segunda dose, tanto da AstraZeneca/Fiocruz quanto da CoronaVac/Butantan, que estava disponível nos dois pontos.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo