Caxias do SulSaúde

Hemocs precisa de doadores: queda durante a pandemia chega a 25%

Pessoas que receberam a vacina contra covid-19 podem doar, basta observar prazo de espera necessário de acordo com cada imunizante

O Hemocentro Regional de Caxias do Sul (Hemocs), responsável pelo abastecimento de sangue para 49 municípios, tem um grande desafio para manter os estoques durante a pandemia. Embora o número de doações dos caxienses tenha se mantido estável no período, houve redução drástica na captação de sangue em municípios vizinhos, pois a viagem dos doadores e a realização de coletas itinerantes ficaram dificultadas na pandemia. O Hemocs precisa de sangue de todos os tipos, mas nesta segunda-feira (26/07), os índices mais críticos são O+ e O-.

O Hemocs perdeu cerca de 150 doações mensais de residentes dos demais municípios entre 2020 e 2021. Para manter os estoques são necessárias 1,2 mil coletas por mês, mas a média atual é de apenas 900. Essa queda também é visível a nível nacional. De acordo com o Ministério da Saúde, houve diminuição de cerca de 15% a 20% no número de coletas no último ano no país. Dessa forma, mais do que nunca, é necessário o apoio e a solidariedade da comunidade, para garantir um item essencial na preservação da vida.

Segundo Rafael Moreira, assistente social do Hemocs, a doação de sangue é um cuidado que a sociedade tem com ela mesma:
“Cerca de 1,3 milhão de pessoas são beneficiadas com os nossos serviços. A doação de sangue é um pacto de solidariedade que a comunidade tem consigo mesma, porque é um direito de todos acessar pelo SUS o sangue e os hemocomponentes”.

Quem fez a vacina contra a covid-19 também pode doar, basta observar o tempo de espera recomendado. Quem fez vacina da AstraZeneca, Pfizer ou Janssen deve esperar sete dias para realizar doação, enquanto quem recebeu a Coronavac deve esperar 48 horas após a injeção. Também é necessário o intervalo de 48 horas após tomar a vacina da gripe.

Doar é fácil e seguro. O Hemocs está adaptado para receber os voluntários com total segurança. Para evitar um grande fluxo de pessoas, atualmente as doações são agendadas pelo WhatsApp (54) 98418-8487. O hemocentro fica localizado ao lado da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Central e atende nos seguintes dias e horários: segunda e quarta-feira, das 8h às 19h, sem fechar ao meio-dia. Terça, quinta e sexta-feira, das 8h às 17h, também sem fechar ao meio-dia e, aos sábados, das 8h até às 12h.

Podem doar pessoas de 18 a 69 anos, com mais de 50 kg. No dia da coleta é necessário ter dormido bem e não estar em jejum, porém, deve-se ficar longe de alimentos gordurosos. É preciso levar um documento com foto no dia.

Publicidade
Botão Voltar ao topo