CanoasVale do Sinos

Canoas vai oferecer auxílio de R$ 350 por mês a protetores e entidades da causa animal

A Prefeitura de Canoas vai lançar um projeto pioneiro que prevê um auxílio financeiro de R$ 350 durante seis meses, prorrogáveis por até um ano, a cada um dos protetores e entidades da causa animal com credenciamento no Município.

Publicidade

Na noite dessa terça-feira (28), o Projeto de Lei que institui o programa Auxílio Protetor Canoense, de iniciativa do Poder Executivo, foi aprovado pela Câmara de Vereadores, com 18 votos favoráveis e dois contrários. O benefício deverá ser utilizado para o custeio de serviços médico-veterinários, medicamentos e alimentação dos animais sob tutela.

A iniciativa da Secretaria Extraordinária dos Direitos dos Animais (SEDA) tem o objetivo de contribuir com a atividade diária dos protetores e entidades independentes, como forma de fortalecer a rede de proteção animal do município. Atualmente, 65 pessoas físicas ou jurídicas que atuam em Canoas possuem o cadastro. Eles atendem, aproximadamente, 2 mil animais, em atividades como resgates, albergagens, consultas, castrações, adoções educativas e feiras de adoção. Um novo edital de credenciamento de protetores será aberto em 2022.

Segundo o secretário da SEDA, Gabriel Gonçalves, a pandemia provocou um aumento dos casos de abandono e maus-tratos de animais na cidade. “O que acabou sobrecarregando não só o poder público, como o grupo de protetores voluntários, que passou a atender mais casos e também foi atingido financeiramente pela pandemia. Por isso, decidimos criar esse projeto, pioneiro no país, para que os protetores e entidades continuem fazendo esse trabalho colaborativo e essencial à sociedade canoense, através de sua dedicação e abnegação à causa animal. Como é um projeto-piloto, a ideia é ampliar e servir de referência para outros municípios”, ressaltou.

Requisitos para receber o auxílio
– atuar como protetor de animais em Canoas
– residir em Canoas
– integrar lista de Credenciamento de Protetores de Animais do Município
– estar engajado nos projetos de incentivo à adoção, guarda responsável e castração de animais da SEDA

Forma de pagamento
O auxílio de R$ 350 será concedido por meio de cartão magnético, a ser entregue aos credenciados nos primeiros meses de 2022. Os recursos deverão ser utilizados, exclusivamente, para o custeio de serviços médico-veterinários prestados por laboratórios, consultórios, clínicas ou hospitais veterinários, e para aquisição de medicamentos, mantimentos e alimentos para animais em situação de rua, comunitários ou vítimas de maus-tratos.

Mais protetores credenciados
Neste ano, a SEDA ampliou o número de protetores de animais com credenciamento junto ao Município, passando de 17 para 65 pessoas, físicas ou jurídicas, visando reforçar a assistência aos animais atendidos. O cadastro garante a oferta, de forma gratuita, de consultas clínicas veterinárias, quimioterapia, castrações e cirurgias não-eletivas de baixa e média complexidade aos animais tutelado

 

Posts relacionados

Botão Voltar ao topo