Geral

UnidaSul recicla uniformes usados e economiza com limpeza

Empresa gaúcha evita o desperdício de tecido e produz esfregões para as suas lojas

O que fazer com os uniformes antigos que não servem mais para os funcionários? A UnidaSul, holding que administra as redes de supermercados Rissul e Macromix Atacado, encontrou uma solução sustentável e econômica para esse problema: transformar os tecidos em esfregões de limpeza, os populares mops.

Publicidade

A ideia surgiu em dezembro de 2022, quando a empresa recolheu as primeiras peças na sua matriz, em Esteio, e as enviou para uma empresa especializada em reciclagem têxtil. Lá, os uniformes foram descaracterizados, triturados, desfibrados e fiados novamente, dando origem a um novo tecido, que foi usado na fabricação dos mops.

O resultado foi surpreendente: com apenas 300 quilos de tecido, foram produzidos 2.040 mops, que já estão sendo usados nas áreas internas da matriz. Além de evitar o descarte de resíduos no meio ambiente, a empresa ainda economizou 34% nos custos de aquisição dos utensílios de limpeza.

Publicidade
Projeto piloto já gerou mais de 2000 mops a partir de 300 quilos de resíduos têxteis – Foto: Divulgação/Unidasul

O projeto piloto foi tão bem-sucedido que a UnidaSul já planeja expandir a iniciativa para outras unidades e até mesmo criar outros produtos a partir dos uniformes reciclados. “Entendemos que esta iniciativa é muito importante, porque reduz de forma prática o volume de resíduos gerados, fortalecendo as nossas iniciativas de logística reversa. Além disso, promove e fortalece a cultura da sustentabilidade dentro da empresa”, destaca a gestora de Recursos Humanos da UnidaSul, Rosangela Mariano.

Botão Voltar ao topo