DestaqueSerra GaúchaVariedades

Abertura da Feira do Livro de Caxias do Sul atrai mais de 3,5 mil pessoas

Programação inteiramente gratuita segue até o dia 13 de outubro, na Praça Dante Alighieri

A abertura da Feira do Livro, que este ano chega a sua 35ª edição, reuniu cerca de 3,5 mil pessoas na Praça Dante Alighieri, nesta sexta-feira (27/09). A solenidade contou com o tradicional toque da sineta pelo patrono, Delcio Antônio Agliardi. A Banda Mais Bonita da Cidade ficou encarregada de embalar o público com canções repletas de poesia e sonoridade.

O patrono lembrou que, há 35 anos, a Feira do Livro existe com um objetivo comum: popularizar o livro e democratizar o acesso à leitura.

Publicidade
Joelmir da Silva Neto

“E assim, será neste ano também, pois a feira é um bem imaterial e imensurável da nossa cidade, ela nos projeta Brasil afora; pois os nossos projetos movimentam a economia e a cultura local, integrando pessoas e ideias”, pontuou Délcio.
O secretário Municipal da Cultura de Caxias do Sul, Joelmir da Silva Neto, agradeceu a todos os envolvidos na organização do evento e ressaltou a importância da Feira para a cidade.

“Estima-se que mais de duzentas mil pessoas passem por aqui, nos próximos dias. E o tema deste ano propõe uma reflexão: “Você é o que você lê”, sobre suas leituras e como elas nos transformam. E, principalmente, de que modo nos levam a ser um pouco daquilo que lemos”, completou.
Foto por Mateus Argenta

A primeira-dama do Município, Andrea Marchetto Guerra

Já a amiga do livro escolhida este ano, a pós-graduada em Artes, Desenho e Filosofia, Bernardethe Zardo, frisou em seu discurso a importância dos livros e a característica fundamental dessas peças que é a imortalidade. Ela e o presidente da Associação dos Livreiros Caxienses (Alca), Arcângelo Zorzi Neto, citaram o autor gaúcho, Mário Quintana, que participou da edição de 1984 da Feira do Livro, quando o evento literário passou a acontecer na Praça Dante Alighieri. Eles parafrasearam o autor citando uma frase de sua autoria: “o verdadeiro analfabeto é aquele que aprendeu a ler e não lê”.

Publicidade

A primeira-dama do Município, Andrea Marchetto Guerra, destacou que um evento como esse se faz com muitas mãos.

“Hoje entregamos a Feira do Livro à comunidade caxiense como um presente, não apenas de cultura, mas de doação e de amor”, concluiu.

Diversas autoridades participaram da abertura oficial da Feira, entre secretários municipais, vereadores e representantes de entidades caxienses. Após a solenidade, A Banda Mais Bonita da Cidade subiu ao palco e tocou seus sucessos para o público.

Fotos: Mateus Argenta

Programação

Variadas atividades culturais ocuparão os dois palcos instalados na praça (principal e infantojuvenil) e os espaços para leitura e sessões de autógrafos, a partir deste sábado (28/09). A Casa da Cultura, a Biblioteca Pública Municipal Dr. Demetrio Niederauer e o Teatro Pedro Parenti, também receberão bate-papos e oficinas.

Em uma área coberta de aproximadamente 3,5 mil metros quadrados, livreiros irão atender ao público no sábado, das 9h às 19h (área geral e infantojuvenil); e no domingo, das 12h às 19h (área geral), e das 10h às 19h (área infantojuvenil). A programação da 35ª Feira do Livro de Caxias do Sul é inteiramente gratuita e pode ser consultada neste site.

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar